#BTHVN250 Beethoven (1770-1827) · ∾ · (Alguns) Trios com Piano · ∾ · Smetana Trio ֍

BTHVN

Trios com Piano

Smetana Trio

 

É claro que a Berliner Philharmoniker que atuou sob a batuta de Furtwängler ou Karajan é completamente outra do que aquela que atuou sob a regência de Abbado ou que atua hoje – fazendo ‘lives’ e concertos pela internet. Não só pela maneira como responde às demandas artísticas ou à personalidade do regente que a dirige no momento, fisicamente a orquestra é renovada. Mesmo assim, temos a tendência a considerar, tanto a orquestra de Berlim como outras formações orquestrais como instituições e assim um pouco imutáveis. Isso também acontece, de certa forma, com conjuntos de câmera. Basta tomar como exemplo o highlander Beaux Arts Trio. Assim como com as orquestras, também certos grupos musicais se institucionalizam e o nome permanece, apesar da renovação dos elementos.

O Smetana Trio que gravou o álbum da postagem certamente é bem outro do que aquele que se apresentou pela primeira vez, quando foi fundado há mais de 80 anos, pelo famoso pianista Josef Páleníček. Este sobrenome agora acompanha o nome Jan e se encontra atrás da estante do violoncelo. Mesmo recentemente a mão que segura o arco do violino é outra do que aquela dos discos que ainda estão listados na página do Trio. Mesmo assim, uma certa continuidade, um conjunto de características que define o conjunto permanece – afinal, é isso o que esperamos das instituições.

Assim, temos deste grupo musical de alta linhagem, com raízes bem estabelecidas num ambiente de cultura musical refinada, um álbum excelente.

A escolha de repertório – quatro belíssimos trios com piano do homenageado do ano – gravados com requinte pelo ótimo selo Supraphon, não poderia ser melhor.

Da juventude do compositor temos o Trio em dó menor, o terceiro do Opus 1, aquele que inquietou o Papa Haydn.

Depois o Trio em si bemol maior, dedicado ao patrono, aluno e melhor amigo do Ludovico – o Trio do Arquiduque, aqui aristocraticamente interpretado, com grande equilíbrio entre os instrumentos, muito garbo e ótimo som.

Para completar, os dois Trios do Opus 70, o famoso de apelido fantasmagórico, que adentra com impetuosidade o recinto assim que chega e seu par, também muito clássico e belo.

É verdade, não é uma integral, mas para que ficar olhando para o que não temos, se o que temos é de tão grande beleza e apresentado com requinte e competência? Não espere mais e vá logo arranjando espaço no pen-drive…

 

Ludwig van Beethoven (1770 – 1827)

Trio com Piano em dó menor, Op. 1, 3

  1. Allegro con brio
  2. Andante cantabile con variazioni
  3. Menuetto. Quasi allegro – Trio
  4. Finale. Prestissimo

Trio com Piano em si bemol maior, Op. 97

  1. Allegro moderato
  2. Scherzo. Allegro
  3. Andante cantabile ma pero con moto
  4. Allegro moderato

Trio com Piano em ré maior, Op. 70, 1 – “Fantasma”

  1. Allegro moderato
  2. Largo assai ed espressivo
  3. Presto

Trio com Piano em mi bemol maior, Op. 70, 2

  1. Poco sostenuto – Allegro ma non troppo
  2. Allegretto
  3. Allegretto ma non troppo
  4. Finale. Allegro

Smetana Trio

Jitka Čechová, piano

Jan Talich, violino

Jan Páleníček,  violoncelo

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE

FLAC | 473 MB

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE

MP3 | 320 KBPS | 301 MB

A cozinha é o melhor lugar da casa…

Veja o que o pianista Jitka Čechová disse: “We know from history that this type of piano trio crystallised during the era of Classicism. In his early works, Beethoven still foregrounded the piano, and only later did the other two instruments become equal, which is clearly heard on our new album.”

Nada como fazer uma média com os amigos…

Aproveite!

René Denon

Depois desta postagem, você poderá querer visitar:

Beethoven (1770-1827): Trios com clarinete ∞ Eric Le Sage – Paul Meyer – Claudio Bohórquez ֍ BTHVN250

Ludwig van Beethoven (1770-1827): Trios “The Ghost” & “Archduke” #BTHVN250

Deixe uma resposta