Mozart (1756 – 1791): Sonatas para Piano – Klára Würtz – 2/3 ֎

Mozart

Sonatas para Piano

Segundo Tempo

Klára Würtz, piano

 

Klára Würtz

Nesta segunda postagem da série de Sonatas para Piano de Mozart, interpretadas pela pianista Klára Würtz, temos seis maravilhosas sonatas que se dividem assim em dois grupos de três. As Sonatas K. 309 e K. 311 foram escritas em 1777 na cidade de Mannheim, um lugar com muita música e bons compositores, naqueles dias. Mozart estava a caminho de Paris e passou por lá um tempo. A Sonata em dó maior, K. 309, foi dedicada à Rosa, jovem filha de Christian Cannabich, músico que teve papel importante no desenvolvimento da orquestra como nós a conhecemos. Ele dava importante papel aos sopros e o interesse de Mozart pelo clarinete certamente foi despertado nesta convivência.

Aqui traduzo um pouco livremente o que achei na net sobre a Rose Cannabich.

Esta imagem é puramente ilustrativa e pode não ser parecida com a real Rose

Rose era a mais velha de uma prole de seis crianças. Como era costume entre as famílias de músicos, as crianças recebiam educação musical, provavelmente de seus pais e de outros membros da orquestra.

Rose teve aulas de piano de Mozart de novembro de 1777 até março de 1778. Mozart e sua mãe estavam de viagem para Paris, mas passaram alguns meses em Mannheim para estudar a orquestra. Mozart escreveu para seu pai em 4 de novembro de 1777: “Ele tem uma filha que toca piano bastante bem e para ganhar a sua amizade estou trabalhando em uma sonata para sua mademoiselle filha”. Sobre Rose, ele disse “… uma garota bem-comportada e bastante bonita. Ela tem bastante senso para a sua idade e é recatada. Elá é séria, fala pouco, mas quando o faz é com graça e simpatia”. Assim, Rose merece a dedicação da linda sonata!!

Estas sonatas são muito espirituosas e já foi dito sobre elas: está na cara que foram escritas em Mannheim. A música é realmente muito especial e vibrante.

A Sonata em lá menor, K. 310 foi composta em Paris e distingue-se primeiramente por ser em tonalidade menor. Ela segue um pouco os padrões aos quais as audiências de Paris estavam acostumadas, mas a sonata é puro Mozart. Foi nesta fatídica viagem que morreu a mãe de Mozart, que o acompanhava.

As outras sonatas desta postagem, K. 330 – 332, foram compostas em Viena em 1783. Pensava-se que eram anteriores, de 1778, escritas também em Paris, mas a excelente página com as notas de Paul e Eva Badura-Skoda, que você pode acessar aqui, confirma a data posterior, assim como o livrinho de Stanley Sadie sobre Mozart e sua obra.

Neste grupo, a sonata mais famosa é a Sonata em lá maior, K. 331, que inicia com um conjunto de variações e termina com uma das mais conhecidas peças de Mozart, a Marcha Turca.

Wolfgang Amadeus Mozart (1756 – 1791)

Sonata para Piano em dó maior, K. 309

  1. Allegro com spirito
  2. Andante un poco adagio
  3. Rondeau: Allegretto grazioso

Sonata para Piano em lá menor, K. 310

  1. Allegro maestoso
  2. Andante cantabile con espressione
  3. Presto

Sonata para Piano em ré maior, K. 311

  1. Allegro con spirito
  2. Andante con espressione
  3. Rondeau: Allegro

Sonata para Piano em dó maior, K. 330

  1. Allegro moderato
  2. Andante cantabile
  3. Allegretto

Sonata para Piano em lé maior, K. 331

  1. Andante grazioso
  2. Menuetto
  3. Alla Turca: Allegretto

Sonata para Piano em fá maior, K. 332

  1. Allegro
  2. Adagio
  3. Allegro assai

Klára Würtz, piano

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE

FLAC | 340 MB

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE

MP3 | 320 KBPS | 249 MB

A decisão mais difícil do dia: de qual sonata você gosta mais? K. 310 ou 331? Bom, deixe ouvi-las mais uma vez… talvez eu decida, ou não.

And now there is this complete set of Mozart’s 18 piano sonatas, in state of the art sound, as played by Hungarian pianist Klára Würtz. Her performances are, in a word, miraculous. Highest recommendation.

Jeffrey J. Lipscomb, FANFARE

Continuo recomendando!

René Denon

Veja também esta postagem aqui:

Mozart (1756 – 1791) ∞ Peças para Piano ∞ Francesco Piemontesi

Deixe uma resposta