Fascination Opera – Dorothea Seel, Christoph Hammer

Essa postagem vai para o nosso ex – colaborador Marcelo Stravinsky que, apesar de afastado do blog, ainda colabora conosco de uma forma ou outra. Se intitula um flautista amador (parece que tem uma banda de rock no estilo Jethro Tull), algo que eu nunca nem cheguei a ser, apenas soprava algumas melodias na minha velha Flauta Doce Yamaha (que por sinal, ainda tenho, jogada em algum lugar).  Mas vamos ao que viemos:

“Nineteenth-century opera arrangements for flute and piano have been extraordinary popular. Unfortunately the have so far received little attention in the annals of music history. Even in concerts you may hardly find them on the programmes. Therefore the present recording provides exciting music to rediscover with works by Briccialdi, Herman, Popp, Galli, Kuhlau, Furstenau, Boehm and Andersen. Dorothea Seel used three different flutes to reproduce the flute sound of the time in alI its diversity. This demands specific playing techniques, which can be determined from the h istor ical source texts. Christoph Hammer played an original pianoforte from the collection of the Tyrolean regional museum in Innsbruck. The woody tone, rich in harmonics, is a perfect foil for the flutes.”

Assim esse CD nos é apresentado no encarte (com o perdão da preguiça de traduzir). São árias de óperas transcritas para Flauta e Pianoforte. Quando eu era guri pequeno lá no interior, botava disco para tocar e ficava tentando tirar estas melodias, claro que dentro de um grau de amadorismo abaixo do crítico. E obviamente não tinha a técnica necessária para tirar estes sons, muito menos um instrumento adequado, ou então sequer a partitura. Era o famoso ‘tirar de ouvido’. Imaginem o resultado.

Dorothea Seel especializou-se em Flautas Tranversais do século XVIII e XIX, e é diretora artística do “Barocksolisten München”, ou seja, tem um currículo respeitável na área, basta ler o booklet em anexo.  Christoph Hammer especializou-se em performances historicamente informadas, e se utiliza nestas gravações de um pianoforte fabricado por Conrad Graf, fabricado em Viena em 1835.

Um belo CD, sem dúvida, e curioso. Estamos tão acostumados com estas melodias, de vez em quando as estamos assobiando (quem nunca?) …!! Estou ouvindo este CD em uma manhã de domingo de outono, com direito a céu de brigadeiro, e lhes garanto que está sendo uma bela trilha sonora.

01. Variations on ”The Barber of Seville”, Op. 83
02. ”Don Juan” de Mozart, Op. 24
03. Fantasia on ”La traviata”, Op. 76
04. Tannhäuser Fantasia – Lied vom Abendstern
05. 6 Variations on ”Euryanthe”, Op. 63
06. Opera Transcriptions, Op. 45 – No. 2, Norma
07. Polonaise de Carafa, Op. 8a
08. Fantaisie caprice sur ”Rinaldo”, Op. 203

Dorothea Seel – Flutes
Christoph Hammer – Pianoforte

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE

 

Deixe uma resposta