Antonio Vivaldi – Lost Concertos for Anna Maria – Federico Guglielmo, Roberto Loreggian, Modo Antiquo, Federico Maria Sardelli

Acabo de chegar de viagem, uma viagem tensa, embaixo de chuva, em uma estrada esburacada, e por estar em obras, cheia de desvios, e claro, muito movimentada, ainda mais em um final de tarde de domingo. E no meio do caminho, parei para tomar uma água e esticar as pernas, liguei o Spotify para procurei alguma coisa leve para ouvir e encontrei esta maravilha aqui, esta verdadeira jóia, um lançamento do selo Glossa, que vem se destacando por suas gravações do repertório barroco. Músicos bem conhecidos, orquestra idem, não pode dar errado. Tudo macaco velho nesse repertório. Federico Guglielmo é figurinha tarimbada no violino barroco. Violinista, musicólogo, pesquisador tarimbado, faz isso já há bastante tempo, e já é referência há bastante tempo. Acompanhando-o, temos outro Federico, o Sardelli, outro nome muito conhecido para quem admira o barroco italiano. Portanto, quando o ouvimos, sabemos que ali realmente temos músicos que sabem o que estão fazendo. E depois que comecei a ouvir, a viagem tornou-se mais prazerosa, mas ainda tensa, devido à chuva. Chegando em casa, corri para o computador, e fuçando entre meus tradicionais fornecedores, eis que o encontro facilmente. Lançamento quentinho, recém saído do forno.

Creio que Vivaldi seja uma daquelas unanimidades, daqueles compositores que dificilmente deixam o ouvinte infeliz. Estas obras que trago não são tão gravadas assim, algumas são reconstruções do próprio Sardelli, em um detalhado e delicado trabalho de pesquisa.

Mas, meu caro FDPBach, quem diabos é Ana Maria para quem estes concertos são dedicados? Ah, cara pálida, leia o booklet, e delicie-se com o texto. Como comentei acima, tudo o que o selo Glossa lança é de qualidade, bem pesquisado e documentado. Não temam, garanto-lhes que vai valer a pena gastar alguns neurônios para traduzir o texto, senão, o Google Translator está sempre à disposição.

Quando comentei sobre este CD no nosso grupo de Whattsap, imediatamente o comandante PQPBach e seu Vice-Almirante Avicenna foram incisivos: por que ainda não o postastes? Então. ei-lo ai, mas que malandro.

Antonio Vivaldi
Lost Concertos for Anna Maria
Reconstruction by Federico Maria Sardelli

Concerto rv 772 for violin, strings & bc in D major
1 Allegro
2 Grave
3 Allegro

Concerto rv 775 for violin, organ, strings & bc in F major
4 [Allegro]
5 [Adagio]
6 Allegro

Concerto rv 771 for violin, strings & bc in C minor
7 Andante
8 Grave
9 Allegro

Concerto rv 808 for violin, organ, strings & bc in C major
10 [Andante]
11 [Largo]
12 Allegro

Concerto rv 818 for violin, strings & bc in D major
13 Allegro
14 Largo
15 Allegro

Concerto rv 774 for violin, organ, strings & bc in C major
16 Allegro
17 Adagio
18 Allegro

Federico Guglielmo solo violin
Roberto Loreggian organ
Modo Antiquo
Federico Maria Sardelli – Conductor

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE

3 comments / Add your comment below

  1. Parabéns pelo blog, que frequento há anos…sempre passo por aqui pra ver se houve a postagem da melhor interpretação já feita das trio sonatas para órgão (Bach), por Holm Vogel (que por sinal, é cego). BWV 530 é simplesmente espetacular. Você teria? Abraço, Arminius

  2. Como isso me interessa, divido com vocês um comentário anormalmente longo para meus padrões:

    Anna Maria della Pietà (c.1696-1782), foi uma violinista italiana, compositora e professora residente no orfanato veneziano Ospedale della Pietà.

    Sua data exata de nascimento é desconhecida. Anna Maria foi uma das órfãs do Ospedale della Pietà em Veneza. O orfanato foi criado para criar meninas órfãs ou rejeitadas por seus pais. Os bebês eram deixados por uma abertura secreta que mal era grande o suficiente para eles, criada pela primeira vez em 1696. Ela se chamava Anna Maria, embora mais tarde conhecida como Anna Maria dal Violin e Anna Maria della Pietà . Quando ela tinha oito anos, sua habilidade musical chamou a atenção dos diretores da escola. Ela aprendeu violino com o diretor musical da escola Antonio Vivaldi.

    Ela, por sua vez, ensinou música no Chiara della Pietà e Santa della Pietà . Muitos dos concertos de Antonio Vivaldi foram escritos especialmente para ela. Anna Maria morou no orfanato por toda a vida. Suas apresentações atraíam até turistas. Uma poetisa escreveu que quando ela interpretava incontáveis ​​anjos ousavam pairar perto dela… Em 1720, aos 24 anos, foi apelidada de “Maestra”. Em 1737, alcançou os cargos de direção de maestra di violino e maestra di coro . Anna Maria também tocava violoncelo, oboé, alaúde, bandolim, cravo, viola d’amore. Ela era compositora e se apresentou publicamente por mais de 60 anos. Morreu de febre e tosse em Veneza em 10 de agosto de 1782.

    Mais sobre o Ospedale della Pietà.

Deixe uma resposta