Antonio Vivaldi (1678-1741): Concertos para Flauta


IM-PER-DÍ-VEL !!!

Que sorte a nossa, né? Vivaldi escreveu 477 concertos e parece que a grande maioria é de coisas legais. Este disco da sensacional Hyperion é uma perfeição. Belas interpretações de alguns concertos conhecidos — e de alguns desconhecidos — com instrumentos originais, senso de estilo impecável e…, enfim, tudo está lindo. É impossível não ficar um pouco mais feliz após a audição. Um bom início de fim-de-semana para todos os pequepianos!

Antonio Vivaldi (1678-1741): Concertos para Flauta

1. Recorder (Flute) Concerto, for recorder or flute, strings & continuo in C minor, RV 441: Allegro non molto
2. Recorder (Flute) Concerto, for recorder or flute, strings & continuo in C minor, RV 441: Largo
3. Recorder (Flute) Concerto, for recorder or flute, strings & continuo in C minor, RV 441: (Allegro)

4. Piccolo (Flautino) Concerto, for piccolo (or recorder/flute), strings & continuo in C major, RV 444: Allegro non molto
5. Piccolo (Flautino) Concerto, for piccolo (or recorder/flute), strings & continuo in C major, RV 444: Largo
6. Piccolo (Flautino) Concerto, for piccolo (or recorder/flute), strings & continuo in C major, RV 444: Allegro molto

7. Chamber Concerto, for recorder, 2 violins & continuo in A minor, RV 108: Allegro
8. Chamber Concerto, for recorder, 2 violins & continuo in A minor, RV 108: Largo
9. Chamber Concerto, for recorder, 2 violins & continuo in A minor, RV 108: Allegro

10. Piccolo (Flautino) Concerto, for piccolo (or recorder/flute), strings & continuo in A minor, RV 445: Allegro
11. Piccolo (Flautino) Concerto, for piccolo (or recorder/flute), strings & continuo in A minor, RV 445: Larghetto
12. Piccolo (Flautino) Concerto, for piccolo (or recorder/flute), strings & continuo in A minor, RV 445: (Allegro)

13. Recorder Concerto, for recorder, strings & continuo in F major, RV 442: Allegro non molto
14. Recorder Concerto, for recorder, strings & continuo in F major, RV 442: Largo e cantabile
15. Recorder Concerto, for recorder, strings & continuo in F major, RV 442: Allegro

16. Piccolo (Flautino) Concerto, for piccolo (or recorder/flute), strings & continuo in C major, RV 443: (Allegro)
17. Piccolo (Flautino) Concerto, for piccolo (or recorder/flute), strings & continuo in C major, RV 443: Largo
18. Piccolo (Flautino) Concerto, for piccolo (or recorder/flute), strings & continuo in C major, RV 443: Allegro molto

Peter Holtslag, flauta
The Parley of Instruments
Peter Holman

BAIXE AQUI — DOWNLOAD HERE

Na boa, eu sou bom pra caraglio!
Na boa, eu sou bom pra caraglio!

PQP

12 comments / Add your comment below

  1. Ainda tem idiota que acredita no que Stravinsky falou – que Vivaldi teria escrito centenas de vezes o mesmo concerto – velho pateta.

    1. Ôu, ôu, palhaço, não chame o Stravinsky de pateta!

      rsrsrs Brincadeira. Não sabia que ele tinha dito isso. Bom, cada compositor tem seu estilo. Pra um leigo, acho que a música de Stravinsky também talvez parecesse a mesma coisa (ia ter que ser bem ruim de ouvido, lógico). 😉

    2. Stravinsky era um baita engraçadinho. Provavelmente falou isso só de sacanagem, sem querer dizer que Vivaldi fosse um compositor insignificante.

      Ele também descreveu o velho Rach como “1 metro e 90 de melancolia russa” e Ravel como “o relojoeiro suíço da orquestração”. Ambas são até meio pejorativas, mas especialmente no caso de Ravel, traem uma certa inveja. E uma baita fanfarronice.

      1. Sempre sacaneio com o que Stravinsky disse, mas sei que quando ele falou aquilo ainda não se conhecia de Vivaldi o que veio à tona na segunda metade século XX e toda a especialização de música antiga que nos dá as maravilhas que temos hoje. Contudo muita gente teima em repetir aquilo sem cuidar de ouvir Vivaldi como merece ser ouvido – com o espírito aberto para uma exuberante e constante beleza. É impossível que se ouça o L’estro Armonico, os concertos do opus 10 pra flauta, por exemplo, e se diga que é tudo a mesma coisa. Quando o velho gafanhoto – Stravinsky ouviu Vivaldi, decerto foi muito pouco e, naturalmente, sua concepção artística era tal que obscurecia qualquer outra estética, especialmente se tratando de um obscuro padre veneziano.

  2. Obrigado. Por muito tempo eu estava procurando essa gravação. Peter Holtslag é excelente. Além disso, toda a música do século 18 é uma grande atração para mim. Obrigado mais uma vez.

  3. PQP. Parabéns! Excelente o trabalho de vocês. Sempre estou aqui mas nunca comento. Hoje resolvi participar um pouco. Tem um programa, PODCAST, que tem me agradado muito. Chama-se CONTRASTES, com o maestro Emmanuele Baldini. O programa toca na Rádio Cultura. e pode ser ouvido aqui: http://culturafm.cmais.com.br/contrastes
    Acho que é interessante essa comparação de interpretes que o maestro faz, com maestria. Mais uma vez Parabéns!

  4. Caro PQP,muito grandioso o trabalho de postar esse álbum,esses concertos estão me fazendo bem,elevaram minha alma,fiz questão de ouvi-los embora baixo lendo Os Miseráveis,a ambientação foi sublime,porém logo depois de lido um bom trecho preparei um chá sentei-me confortavelmente e fechei os olhos,bons pensamentos me vieram à mente,a arte nos torna grandiosos.

    Abraço

Deixe uma resposta