Antonin Dvorák (1841-1904) – Concerto for Cello & Orchestra in B Minor – Richard Strauss (1864-1949) – Don Quixote – Maisky, Mehta, BPO


Trago mais uma versão do maravilhoso Concerto para Cello, de Dvorák, para desespero do mano PQPBach, que simplesmente não suporta a música do tcheco. Mas fazer o que, né? Ele é minoria, e como em uma democracia, a maioria vence, então, eis outra versão do Concerto para Cello. E desta vez, ao contrário da anterior, com o Rostropovich, da qual declarei não me sentir muito entusiasmado, o papo aqui é outro. Para começar, é gravado ao vivo. Só isso garante diversão. E traz Mischa Maisky, que também já gravou este concerto em outras ocasiões, e que também o conhece muito bem. E Maisky está muito inspirado. Traz sangue para a música, emoção. Quem já teve a oportunidade de assistir alguma apresentação dele ao vivo, nem que seja pela televisão, sabe o quanto ele se entrega à música. Começando pelo visual, com os cabelos sempre compridos, não se preocupando muito em penteá-los, sua maca registrada, por sinal. Mas o som que sai de seu instrumento é de alguém que realmente ama o que faz. De alguém que sabe o que está fazendo. E esta sua leitura de Dvorák é absolutamente apaixonante. Para ajudá-lo, tem “apenas” a Filarmônica de Berlim, regida pelo sempre competente Zubin Mehta. Por se tratar de uma gravação ao vivo, temos rangidos de cadeira, tosses, etc, mas a engenharia de som da DG é perfeita, nada atrapalha a audição, ao contário, até traz um certo charme.
Richard Strauss não aparece com muita frequência por aqui. Admiro muito sua obra, porém na hora de postar alguma coisa, acabo esquecendo dele. Como a proposta é postar aquilo que estamos ouvindo, reconheço portanto que não o estou ouvindo com muita frequência. Mas cubro esta ausência trazendo a bela versão ao vivo do Maisky.

01 – Applause
01 – Dvorak – Cello Concerto in b, Op.104 – I Allegro
02 – Dvorak – Cello Concerto in b, Op.104 – II Adagio, ma non troppo
03 – Dvorak – Cello Concerto in b, Op.104 – III Finale_ Allegro moderato
04 – 17 – Richard Strauss – Don Quixote, Op.35
18 – Applause

Mischa Maisky – Cello
Berliner Philharmoniker
Zubin Mehta – Conductor

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE
FDPBach

0 comments / Add your comment below

  1. Excelente post, FDPBach! Só uma perguntinha boba: você disse que “quem já teve a oportunidade de assistir alguma apresentação do Maisky ao vivo, nem que seja pela televisão, sabe o quanto ele se entrega à música”. Quer dizer então que você já viu pessoalmente ele tocar? Ou foi só pela televisão mesmo?

    Abraços.

  2. Aproveitando a onda dovorakiana, seria ótimo uma postagem com o quarteto americano do tcheco. E se couber mais quartetos dele nessa postagem, melhor ainda para nós aficionados por quartetos de cordas.
    Abraço

  3. Vocês são uns hereges, sem Salome no coração.

    As óperas pós-Elektra podem ser muito chatas para os não iniciados, mesmo O Cavaleiro da Rosa, do qual 1 hora e meia poderia ser cortada sem prejuízo algum.

  4. Bom Dia PQP Bach! Passando aqui só pra te lembrar que gostaria de ver você postar o Ghiribizzi do Paganini. O PQP Bach, você sabe se existe alguma obra do Johann Strauss II pra câmara? Sem ser as tão conhecidas valsas…

Deixe uma resposta