Béla Bartók (1881-1945): Suíte de Danças para Orq. / Música para Cordas, Percussão e Celesta / Concerto para 2 Pianos, Percussão e Orq. (Sándor, Lehel, Pásztory-Bartók, Tusa) #BRTK140 Vol. 14 de 29

Aqui, toda a coleção.

IM-PER-DÍ-VEL !!!

Gosto muito das obras deste CD. Talvez a Música seja uma das tantas “melhores obras” de Bartók. E a Suíte foi minha porta de entrada para o compositor. É, portanto, uma obra que amo. Já o Concerto para 2 Pianos e Percussão é uma transcrição da já comentada Sonata para 2 Pianos e Percussão que segue o original.

Suíte de Danças (1923) foi a primeira obra de Bartók oficialmente encomendada. A encomenda era para comemorar o cinquentenário da união das cidades de Buda e Peste. Apesar do caráter patriótico da celebração, as cinco danças (interligadas por um refrão de caráter húngaro) apresentam também elementos árabes e romenos. A Suíte tem seis movimentos, embora algumas gravações a concebam como um único movimento de corpo inteiro.

Em 1934, o maestro suíço Paul Sacher casou-se com a herdeira da indústria farmacêutica Roche. Agora um dos homens mais ricos do mundo, o maestro aplicou seu dinheiro em uma de suas paixões: a música nova. Para celebrar o décimo aniversário da Orquestra de Câmara de Basel, que havia fundado, Sacher encomendou uma obra de um dos compositores de vanguarda da época. A peça escrita por Bartók – Música para cordas, Percussão e Celesta – seria reconhecida como uma de suas obras-primas. “É uma das mais puras e mais bem proporcionadas produções de seu estilo maduro. A música envolve muitas das contradições que fazem sua arte tão fascinante, ao mesmo tempo primitiva e sofisticada, selvagem e controlada, serena e aterrorizante, séria e cômica.” (Calvin Dotsey, autor das notas de programa da Sinfônica de Houston). Sua instrumentação é sui generis: duas orquestras de cordas, uma de cada lado; ao centro e mais afastado, um conjunto de instrumentos de percussão e teclado (xilofone, caixa, pratos, tam-tam, bumbo, tímpanos, celesta e piano).

São quatro os seus movimentos:

O primeiro é um Andante tranquilo, uma fuga meditativa no início. Aos poucos a tensão se eleva inexoravelmente, a música fica mais alta, até um clímax que é uma série de mi bemóis repetidos.

“O segundo movimento é um Allegro enérgico que combina os ritmos animados da música de rabeca húngara com os padrões estruturais que Mozart ou Beethoven teriam usado.” (Calvin Dotsey)

O terceiro movimento, Adagio, é um exemplo do que é chamado música de noite de Bartók. Apresenta uma parte importante para o xilofone, que abre o movimento. Para os que gostam de matemática, é comum a interpretação de que este solo é baseado na Sequência de Fibonacci: acelerando/retardando, usa o ritmo 1: 1: 2: 3: 5: 8: 5: 3: 2: 1: 1.

No último movimento, Allegro Molto, os violinos começam em pizzicato (dedilhado), imitando as cítaras e os címbalos tradicionais húngaros. O movimento tem assim o caráter de uma animada dança camponesa.

Fonte: Clássicos dos Clássicos.

E esses húngaros são foda mesmo. Ditta, a viúva de Bartók, faz um dos pianos no Concerto para 2 Pianos e Percussão. E quando eles tocam, mesmo eu achando a Sonata análoga ainda melhor, é sensacional. Sen. Sa. Cio. Nal.

Béla Bartók (1881-1945): Suíte de Danças para Orq. / Música para Cordas, Percussão e Celesta / Concerto para 2 Pianos, Percussão e Orq. #BRTK140 Vol. 14 de 29

1 Dance suite for orchestra, Sz. 77, BB 86/a: I. Moderato
orchestra:
Budapest Philharmonic Orchestra
conductor:
János Sándor
recording of:
Dance Suite, Sz. 77, BB 86a: I. Moderato (for orchestra)
composer:
Béla Bartók (composer) (in 1923)
part of:
Dance Suite, Sz. 77, BB 86a (for orchestra)
3:30

2 Dance suite for orchestra, Sz. 77, BB 86/a: II. Allegro molto
orchestra:
Budapest Philharmonic Orchestra
conductor:
János Sándor
recording of:
Dance Suite, Sz. 77, BB 86a: II. Allegro molto (for orchestra)
composer:
Béla Bartók (composer) (in 1923)
part of:
Dance Suite, Sz. 77, BB 86a (for orchestra)
2:23

3 Dance suite for orchestra, Sz. 77, BB 86/a: III. Allegro vivace
orchestra:
Budapest Philharmonic Orchestra
conductor:
János Sándor
recording of:
Dance Suite, Sz. 77, BB 86a: III. Allegro vivace (for orchestra)
composer:
Béla Bartók (composer) (in 1923)
part of:
Dance Suite, Sz. 77, BB 86a (for orchestra)
2:58

4 Dance suite for orchestra, Sz. 77, BB 86/a: IV. Molto tranquillo
orchestra:
Budapest Philharmonic Orchestra
conductor:
János Sándor
recording of:
Dance Suite, Sz. 77, BB 86a: IV. Molto tranquillo (for orchestra)
composer:
Béla Bartók (composer) (in 1923)
part of:
Dance Suite, Sz. 77, BB 86a (for orchestra)
4:01

5 Dance suite for orchestra, Sz. 77, BB 86/a: V. Comodo
orchestra:
Budapest Philharmonic Orchestra
conductor:
János Sándor
recording of:
Dance Suite, Sz. 77, BB 86a: V. Comodo (for orchestra)
composer:
Béla Bartók (composer) (in 1923)
part of:
Dance Suite, Sz. 77, BB 86a (for orchestra)
1:01

6 Dance suite for orchestra, Sz. 77, BB 86/a: VI. Finale
orchestra:
Budapest Philharmonic Orchestra
conductor:
János Sándor
recording of:
Dance Suite, Sz. 77, BB 86a: VI. Finale. Allegro (for orchestra)
composer:
Béla Bartók (composer) (in 1923)
part of:
Dance Suite, Sz. 77, BB 86a (for orchestra)
4:08

7 Music for strings, percussion & celesta, Sz. 106, BB 114: I. Andante tranquillo
orchestra:
Budapest Symphony Orchestra (a.k.a. Budapest Symphony)
conductor:
György Lehel (conductor)
recording of:
Music for Strings, Percussion and Celesta, Sz. 106, BB 114: I. Andante tranquillo
composer:
Béla Bartók (composer)
part of:
Music for Strings, Percussion and Celesta, Sz. 106, BB 114
7:30

8 Music for strings, percussion & celesta, Sz. 106, BB 114: II. Allegro
orchestra:
Budapest Symphony Orchestra (a.k.a. Budapest Symphony)
conductor:
György Lehel (conductor)
recording of:
Music for Strings, Percussion and Celesta, Sz. 106, BB 114: II. Allegro
composer:
Béla Bartók (composer)
part of:
Music for Strings, Percussion and Celesta, Sz. 106, BB 114
7:38

9 Music for strings, percussion & celesta, Sz. 106, BB 114: III. Adagio
orchestra:
Budapest Symphony Orchestra (a.k.a. Budapest Symphony)
conductor:
György Lehel (conductor)
recording of:
Music for Strings, Percussion and Celesta, Sz. 106, BB 114: III. Adagio
composer:
Béla Bartók (composer)
part of:
Music for Strings, Percussion and Celesta, Sz. 106, BB 114
7:11

10 Music for strings, percussion & celesta, Sz. 106, BB 114: IV. Allegro molto
orchestra:
Budapest Symphony Orchestra (a.k.a. Budapest Symphony)
conductor:
György Lehel (conductor)
recording of:
Music for Strings, Percussion and Celesta, Sz. 106, BB 114: IV. Allegro molto
composer:
Béla Bartók (composer)
part of:
Music for Strings, Percussion and Celesta, Sz. 106, BB 114
7:42

11 Concerto for 2 pianos, percussion & orchestra, Sz. 115, BB 121: I. Assai lento – allegro molto
percussion:
Jószef Marton and Ferenc Petz
piano:
Ditta Pásztory-Bartók and Erzsébet Tusa (pianist)
orchestra:
Budapest Symphony Orchestra (a.k.a. Budapest Symphony)
conductor:
János Sándor
phonographic copyright by:
Hungaroton (in 1988)
recording of:
Concerto for Two Pianos, Percussion and Orchestra, Sz. 115, BB 121: I. Assai lento
composer:
Béla Bartók (composer)
part of:
Concerto for Two Pianos, Percussion and Orchestra, Sz. 115, BB 121
13:55

12 Concerto for 2 pianos, percussion & orchestra, Sz. 115, BB 121: II. Lento ma non troppo
percussion:
Jószef Marton and Ferenc Petz
piano:
Ditta Pásztory-Bartók and Erzsébet Tusa (pianist)
orchestra:
Budapest Symphony Orchestra (a.k.a. Budapest Symphony)
conductor:
János Sándor
phonographic copyright by:
Hungaroton (in 1988)
recording of:
Concerto for Two Pianos, Percussion and Orchestra, Sz. 115, BB 121: II. Lento, ma non troppo
composer:
Béla Bartók (composer)
part of:
Concerto for Two Pianos, Percussion and Orchestra, Sz. 115, BB 121
6:21

13 Concerto for 2 pianos, percussion & orchestra, Sz. 115, BB 121: III. Allegro ma non troppo
percussion:
Jószef Marton and Ferenc Petz
piano:
Ditta Pásztory-Bartók and Erzsébet Tusa (pianist)
orchestra:
Budapest Symphony Orchestra (a.k.a. Budapest Symphony)
conductor:
János Sándor
phonographic copyright by:
Hungaroton (in 1988)
recording of:
Concerto for Two Pianos, Percussion and Orchestra, Sz. 115, BB 121: III. Allegro non troppo
composer:
Béla Bartók (composer)
part of:
Concerto for Two Pianos, Percussion and Orchestra, Sz. 115, BB 121

BAIXE AQUI — DOWNLOAD HERE

Bartók com sua esposa, Edith (Ditta) Pásztory em 1939

PQP

2 comments / Add your comment below

Deixe uma resposta