Edvard Grieg (1843-1907) – Sonata in F major, Op.8,Sonata in G major, Op.13 e Sonata in C minor, Op.45

De passagem apenas para postar esse baita CD. Fiquei impressionado a com a leveza e a singeleza das sonatas de Grieg – ainda não as conhecia. Outro aspecto positivo a se ressaltar é a extraordinária parceria Maria João Pires e Augustin Dumay. A dupla tem produzido CDs fantásticos. E o registro que ora posto tem essa característica. A música de Grieg possui uma fragrância diferente; uma sensibilidade que não se encontra em qualquer lugar. É como se em seu mundo encontrássemos o sussurro dos bosques, dos ventos; intervalos mágicos enormes se abrissem à nossa frente. A natureza da sua Noruega estava presente em tudo o que o compositor fazia. Não deixe de ouvir. Uma boa apreciação.

Edvard Grieg (1843-1907) – Sonata in F major, Op.8,Sonata in G major, Op.13 e Sonata in C minor, Op.45

Sonata in F major, Op.8
01. I. Allegro con brio
02. II. Alleggreto quasi Andatino – Più vivo – Tempo I
03. III. Allegro molto vivace

Sonata in G major, Op.13
04. I. Lento doloroso – Poco allegro – Allegro vivace
05. II. Allegretto tranquillo
06. III. Allegro animato

Sonata in C minor, Op.45
07. I. Allegro molto ed appassionato
08. II. Allegretto espressivo alla Romanza – Allegretto molto – Tempo I
09. III. Allegro animato

Augustin Dumay, violino
Maria João Pires, piano

BAIXAR AQUI

Carlinus

3 comments / Add your comment below

  1. Grieg, creio que mais do que outros músicos, foi uma dessas presenças iluminadas que deslizaram através do nosso mundo. Ele devia ter um porão na casa dele, mas a música é maravilhosa, muito iluminada!

  2. Fiquei impressionado com tamanha beleza e singeleza pestas sonatas, acabei de ouví-las, ótimas mesmo!
    Sou fã deste blog, já encontrei inúmeras peças que precisei para estudar ou até mesmo conhecer!
    Parabéns!

Deixe uma resposta