Sergei Prokofiev (1891 – 1953): Sinfonias Nº 1 “Clássica” e 5

De todas as sinfonias que conheço, a 5ª de Prokofiev tem um dos adagios mais bonitos e profundos, mais ainda na interpretação lenta e cuidadosa de Celibidache e Filarmônica de Munique. Procurem no Youtube a entrevista “Celibidache on his Philosophy of Music”, em que ele explica seus conceitos sobre o andamento, que deve permitir ao ouvinte perceber todos os elementos da partitura. Quanto mais complexidade, mais o andamento deve ser lento, diz ele. Deixo vocês com o texto de nosso patriarca P.Q.P., de 2007, quando o Youtube engatinhava e o Orkut reinava.

Alguma limitação me faz confundir as sinfonias de Prokofiev. Boto para tocar a quinta, esperando ouvir a sétima; ambas são excelentes, mas chego a pensar no Sr. Alzheimer quando as confundo.

A Clássica é uma Sinfonia de Haydn composta por Prokofiev. É merecidamente famosa, irresistivelmente melodiosa e está no repertório de qualquer boa orquestra. A Quinta é bem mais séria e diz a lenda que foi bem recebida pelo regime soviético. É estranho, pois mesmo com a habitual grandiosidade das interpretações de Celibidache – ouçam aqui! – , ela permanece emitindo para mim enorme quantidade de bom humor e um heroísmo não todo destituído de ironia. Gosto muito dela.

P.Q.P. Bach.

Sergei Prokofiev (1891 – 1953) – Sinfonias Nº 1 “Clássica” e 5
1. Symphonie N°1 En Ré Majeur “Classique”, Opus 25 : Allegro
2. Symphonie N°1 En Ré Majeur “Classique”, Opus 25 : Larghetto
3. Symphonie N°1 En Ré Majeur “Classique”, Opus 25 : Gavotta
4. Symphonie N°1 En Ré Majeur “Classique”, Opus 25 : Finale, Molto Vivace
5. Applaudissements

6. Symphonie N°5 En Si Bémol Majeur, Opus 100 : Andante
7. Symphonie N°5 En Si Bémol Majeur, Opus 100 : Allegro Marcato
8. Symphonie N°5 En Si Bémol Majeur, Opus 100 : Adagio
9. Symphonie N°5 En Si Bémol Majeur, Opus 100 : Allegro Giocoso
10. Applaudissements

Munich Philharmonic Orchestra – Sergiu Celibidache

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE – FLAC
BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE – MP3

Prokofiev pensando em ritmo de relógio

9 comments / Add your comment below

  1. Olá! Gostaria de fazer um pedido aos meus bloggers favoritos. Poderiam, por favor, postar as Sequenzas de Luciano Berio? Conheço apenas a terceira, para flauta transversal. Confesso que ainda a estou digerindo, mas isso não me impede de querer conhecer as demais – a gula!

  2. DIgerir? Você me fala em digerir?Imagine um homem que baixa tudo (eu disse TUDO mesmo) deste recanto musical! Pois está lendo um de seus textos. Este caçador de cachalotes tem o PC (que nem propriedade sua é) inundado de arquivos de música erudita e jazz. E agora, para completar, ele descobre um outro recanto (Branle de Champaigne) igualmente… sublime…O que fazer?Ou digerir ou engasgar ou enlouquecer…!Vosso humilde e felizIsmael

  3. Prezados, Também não possuo a solicitada obra de Luciano Berio, do qual reconheço total ignorância. Sugiro dares uma olhada no site http://www.avaxhome.org. Lá você encontrará muita coisa de compositores contemporâneos, incluíndo Luciano Berio. A seu dispor, FDP Bach.

  4. Venho aqui apenas para repetir o que todos já sabem: esse blog continua sublime.As duas últimas postagens de Brahms e Prokofiev foram de arrasar.Mas, sabem de uma coisa? Ando com saudades de Salzburg!Devo aqui confessar-me viciado em Mozart. Sempre preciso de mais. Quando é que teremos alguma pérola de Herr Mozart para realçar ainda mais o brilho dessas páginas: ;-)Quem sabe alguma seleção de sonatas para piano, talvez uma missa ou quem sabe (ousemos) até mesmo uma ópera!Esperemos com fervor.Abraços!Ygor.

Deixe uma resposta