W. A. Mozart (1756-1791): Todos os Concertos para Sopros (The Complete Wind Concertos) (Orpheus)

IM-PER-DÍ-VEL !!!

Indiscutivelmente, uma das melhores gravações destas extraordinárias obras. A Orpheus Chamber Orchestra realiza aqui um trabalho de rara sensibilidade. São 212 minutos de grande Mozart. Que música, meus amigos!

A Orpheus é um conjunto que trabalha sem maestro. Os solistas para este conjunto de discos são todos membros da Orpheus e, presumivelmente, bem conhecidos de seus colegas. O resultado é esplêndido. Destaque para o Concerto para Clarinete, o para Flauta e Harpa e os para Flauta solo, além da Sinfonia Concertante. Divirtam-se.

Mozart: Concertos para Sopros (Completo)

CD1
01 Sinfonia Concertante in E flat, (297b) -1) Allegro
02 Sinfonia Concertante in E flat, (297b) -2) Adagio
03 Sinfonia Concertante in E flat, (297b) -3) Andantino con variazio
04 Clarinet Concerto in A, K 622 -1) Allegro
05 Clarinet Concerto in A, K 622 -2) Adagio
06 Clarinet Concerto in A, K 622 -3) Rondo. Allegro
07 Andante for Flute and Orchestra in C, K 315 (285e)

# Sinfonia concertante for oboe, clarinet, horn, bassoon & orchestra in E flat major, K(3) 297b (K. Anh. C 14.01) (spurious)
Composed by Wolfgang Amadeus Mozart
Performed by Orpheus Chamber Orchestra
with David Singer, Stephen Taylor, William Purvis, Steven Dibner

# Clarinet Concerto in A major, K. 622
Composed by Wolfgang Amadeus Mozart
Performed by Orpheus Chamber Orchestra
with Charles Neidich

# Andante for flute & orchestra in C major, K. 315 (K. 285e)
Composed by Wolfgang Amadeus Mozart
Performed by Orpheus Chamber Orchestra
with Susan Palma

-=-=-=-=-=-

CD2
01 Bassoon Concerto in B-flat K 191 (186e) -1) Allegro
02 Bassoon Concerto in B-flat K 191 (186e) -2) Andante ma adagio
03 Bassoon Concerto in B-flat K 191 (186e) -3) Rondo. Tempo di Menuetto
04 Horn Concerto No 2 in E-flat, K 417 -1) Allegro
05 Horn Concerto No 2 in E-flat, K 417 -2) Andante
06 Horn Concerto No 2 in E-flat, K 417 -3) Rondo. Allegro
07 Horn Concerto No 1 in D, K 412 (386b) -1) Allegro
08 Horn Concerto No 1 in D, K 412 (386b) -2) Rondo. Allegro
09 Horn Concerto No 3 in E-flat, K 447 -1) Allegro
10 Horn Concerto No 3 in E-flat, K 447 -2) Romance. Larghetto
11 Horn Concerto No 3 in E-flat, K 447 -3) Allegro
12 Horn Concerto No 4 in E-flat, K 495 -1) Allegro maestoso
13 Horn Concerto No 4 in E-flat, K 495 -2) Romance. Andante cantabile
14 Horn Concerto No 4 in E-flat, K 495 -3) Rondo. Allegro vivace

# Bassoon Concerto in B flat major, K. 191 (K. 186e)
Composed by Wolfgang Amadeus Mozart
Performed by Orpheus Chamber Orchestra
with Frank Morelli

# Horn Concerto No. 2 in E flat major, K. 417
Composed by Wolfgang Amadeus Mozart
Performed by Orpheus Chamber Orchestra
with William Purvis

# Horn Concerto No. 1 in D major, K. 412/514 (K. 386b)
Composed by Wolfgang Amadeus Mozart
Performed by Orpheus Chamber Orchestra
with David Jolley

# Horn Concerto No. 3 in E flat major, K. 447
Composed by Wolfgang Amadeus Mozart
Performed by Orpheus Chamber Orchestra
with William Purvis

# Horn Concerto No. 4 in E flat major, K. 495
Composed by Wolfgang Amadeus Mozart
Performed by Orpheus Chamber Orchestra
with David Jolley

-=-=-=-=-=-

CD3
01 Oboe Concerto in C, K 314 (285d; 271k ) -1) Allegro Aperto
02 Oboe Concerto in C, K 314 (285d; 271k ) -2) Adagio non Troppo
03 Oboe Concerto in C, K 314 (285d; 271k ) -3) Rondo. Allegretto
04 Flute Concerto No 1 in G, K 313 (285c) -1) Allegro Maestoso
05 Flute Concerto No 1 in G, K 313 (285c) -2) Adagio ma non Troppo
06 Flute Concerto No 1 in G, K 313 (285c) -3) Rondo. Tempo di Menuetto
07 Flute, Harp Concerto in C, K 299 (297c) -1) Allegro
08 Flute, Harp Concerto in C, K 299 (297c) -2) Andantino
09 Flute, Harp Concerto in C, K 299 (297c) -3) Rondeau. Allegro

# Oboe Concerto in C major, K. 314 (K. 285d)
Composed by Wolfgang Amadeus Mozart
Performed by Orpheus Chamber Orchestra
with Randall Wolfgang

# Flute Concerto No. 1 in G major, K. 313 (K. 285c)
Composed by Wolfgang Amadeus Mozart
Performed by Orpheus Chamber Orchestra
with Susan Palma

# Concerto for flute, harp & orchestra in C major, K. 299 (K. 297c)
Composed by Wolfgang Amadeus Mozart
Performed by Orpheus Chamber Orchestra
with Susan Palma, Nancy Allen

BAIXE AQUI — DOWNLOAD HERE

Um papo animado do pessoal da Orpheus
Um papo animado do pessoal da Orpheus

PQP

19 comments / Add your comment below

  1. Uau! Uma senhora postagem. Isso deve agradar até quem não gosta muito de Mozart, como eu, por exemplo. 🙂

    A propósito, vocês percebem uma diferença muito grande entre não gostar muito e gostar pouco?

  2. Eu ia justamente dizer que, pelo menos no caso do Concerto em Sol para flauta, “second choice” seria uma baita injustiça.

    Li uma vez num programa de concerto (não sei de quem eram as notas) que em grande parte dos seus concertos Mozart deu continuidade ao hábito barroco de só escrever uma estrutura básica para o solo, já que o solista normalmente tocava improvisando sobre a linha escrita. E que esse concerto para flauta é uma das exceções, ou seja: Mozart escreveu o solo todo já elaborado em detalhes. Com o que vem a hipótese de que ele desse bastante importância a esse concerto.

    E da minha parte eu não tenho dúvida de que ele é especial, pois (lá vem heresia!) é uma das poucas peças de Mozart de que eu gosto. E gosto MESMO, enquanto que com maior parte da obra dele eu sou pior que o Strava: ele “não gosta muito”, eu simplesmente não gosto.

    NÃÃÃÃÃÃÃÃO ESTOU DIZENDO que é ruim, tenho absoluto respeito por quem gosta, ele apenas não tem nada a ver comigo, com meu jeito de ser. Música é sexo (espiritual, de alma, vá lá), e a de Mozart é uma que não ME atrai!

    Exceto uma ou outra peça… como esse concerto para flauta. Aí eu até dou umas escapadinhas… 😀

    1. Realmente, bem esquisitinha. Três folhas parecidas com balões nas cores da bandeira do Mali. Não sei bem o que essa combinação de cores significa, só sei estão presentes na maioria das bandeiras dos países africanos.

        1. A capa está no tema padrão da série Trio, da Universal: são sempre três objetos. Acho melhor três folhas coloridas (ou três conchas, ou três penas etc) do que ver a cara enrugada do Harnoncourt em close, ou uma cena de ação com o Karajan pilotando veleiros.

  3. Para gostar de Mozart é preciso conhecer sua história. Para os puristas só as grandes peças que ele escreveu já no fim de sua curta vida como o Réquiem, a S.Concertante,etc…. Deve-se levarem conta que a maior parte de suas peças foram escritas entre os 7 e os 24 anos de idade. Ele não é o meu preferido mas gosto de sua música e acho que ele é genial.

  4. Estou impressionado com a quantidade de comentários de pessoas dizendo, não só nessa postagem, mas também em outras de Mozart, que não gostam ou gostam muito pouco do compositor. Respeito, mas não entendo. Não entendo como se pode apreciar música erudita e não se apreciar Mozart. Mozart não é meu compositor preferido, é Brahms, aliás não está nem entre os 5 que mais gosto, mas Mozart é música, e grande música, música em seu estado mais puro. Ponto. É música feliz? É, mas nem sempre e nem tanto como se diz ou se pensa. Em todas as suas obras, mesmo nas mais felizes e mais simples, há nas entrelinhas algo de trágico,algo de melancólico, que se precisa de muita sensibilidade para se captar. E, se compararmos com seu tempo, com outros compositores, Mozart está anos luz a frente de todos, inclusive de Haydn. Haydn é muito mental, e, por isso, se torna chato muitas vezes, já a música de Mozart vem do coração, muito mais inspirada, é mais artística que a de Haydn, que também fez grande música. Enfim, não entendo como se pode não gostar de Mozart, mas, há gente para tudo.

    1. … já a música de Mozart vem do coração, muito mais inspirada, é mais artística …

      Falou o que penso, Al, com a diferença que Mozart é o preferido.

      Obrigado,

      Avicenna

    2. meu caro. mozart não sofre a lei da gravidade, por isso extraterrestre. e é por isso mesmo que tenho uma teoria sobre sua misteriosa morte – no sentido de se desconhecer seu túmulo, etc. mozart é um iniciado, um momento cabalístico feito música

  5. Viver no século XXI e navegar pela música do século XVIII, talvez não seja de fácil absorção. Para mim, Mozart foi uma assombrosa perfeição.
    Mas escuto Bruckner, Mahler , Brahms e outros com muito prazer.
    Penso que a música reflete a vida do compositor e de sua época .
    Grato . Um forte abraço do Dirceu.

  6. MUITO, MUITO, MUITO OBRIGADO!!!! BACH E HAENDEL SÃO DIVINOS, MAS TERRENOS. PERTENCEM AO PLANETA TERRA – GELOBT SEI GOTT!
    BUT MOZART…A LEI DA GRAVIDADE NÃO INSIDE SOBRE ELE. EU ACREDITO EM ET, CLARO! E MOZART, É UM! A LEVEZA DE SUA MÚSICA É EXTRATERRESTRE; ALGO QUE NÃO FOI CONFECCIONADO AQUI NÃO!
    MUITO OBRIGADO MESMO!!!!! TODAH RABAH, VIELEN DANK! MILLE MERCI!

Deixe uma resposta