João Domingos Bomtempo (1771-1842): Sinfonias Nº 1 e 2

51QK1uxfeuL._SL500_AA300_O compositor português João Domingos Bomtempo foi uma importante figura musical em seu país. O seu primeiro professor foi o próprio pai, um oboísta italiano. Residiu em Paris dos anos de 1801 a 1810. Viajou em seguida para Londres onde se tornou um célebre pianista. Regressou a Portugal em 1814 e não cessou as visitas a Londres e a Paris. Atuou de forma incansável. Fundou uma sociedade filarmônica com o intuito de divulgar a música clássica em seu país. Mas por causa de um golpe de Estado foi obrigado a fechar o trabalho e viver refugiado no consulado da Rússia. Em 1833, foi nomeado professor de música da rainha Maria II. Em seguida foi nomeado diretor do Conservatório Nacional em 1835, cargo que ocupou até a sua morte. Bomtempo ocupa um lugar de destaque entre os compositores portugueses. Em sua música destaca-se a presença do classicismo vieneense – Haydn, Mozart e Beethoven. Um exemplo claro disse é a Sinfonia No. 1 encontrada neste post. Possui ecos fortíssimos da música de Haydn e Mozart – o classicismo genuíno da Escola de Viena. Já na Sinfonia No. 2 notamos a forte presença de Beethoven. É um trabalho mais extenso que o primeiro. Possui aproximadamente 42 minutos. Bomtempo inseriu uma maior profusão de vozes no trabalho. Notamos uma forte influência da Eróica e da Pastoral de Beethoven. Não podemos dizer que o compositor português seja original naquilo que produziu. Mas a sua música é deliciosa. É límpida. Como os regatos de Alberto Caeiro (“Sejamos simples e calmos como os regatos e as árvores, e Deus amar-nos-á fazendo de nós belos como as árvores e os regatos, e dar-nos-á verdor na sua primavera e um rio aonde ir ter quando acabemos…“). Uma boa apreciação!

João Domingos Bomtempo (1771-1842) – Sinfonia No. 1, Op. 11 e Sinfonia No. 2

Sinfonia No. 1, Op. 11
01. I. Largo – Allegro vivace
02. II. Minuetto
03. III. Andantino sustenuto
04. IV. Presto

Sinfonia No. 2
05. I. Sustenuto – Allegro moderato
06. II. Allegretto
07. III. Minuetto, Allegro
08. IV. Allegro

Algarve Orchestra
Álvaro Cassuto, regente

BAIXAR AQUI — DOWNLOAD HERE

João Domingos Bomtempo: quero ser Mozart, porra!
João Domingos Bomtempo: quero ser Mozart, porra!

Carlinus

3 comments / Add your comment below

  1. Este blog sempre nos traz compositores pouco conhecidos (ou pouco lembrados) que nos surpreendem (Ex: o sueco Berwald). Para contribuir com o blog, gostaria de sugerir a postagem e a audição da compositora inglesa Alice Mary Smith (1839 – 1884).

    Há um CD do selo Chandos, com a “London Mozart Players”, lançando pela primeira vez duas sinfonias dessa interessante compositora. Confesso que achei bem interessante. Não há grandes novidades, mas essa compositora tem presença!!

    Baixei deste blog: http://i-bloggermusic.blogspot.com/2010/12/alice-mary-smith-symphonie-in-minor.html

    Há um comentário do CD aqui: http://www.classicalsource.com/db_control/db_cd_review.php?id=2402

Deixe uma resposta