Alma Latina: Domenico Zipoli (1688-1726) – Les Vêpres solennelles de Saint-Ignace – Ensemble Elyma

Domenico ZipoliCaptura de Tela 2017-09-27 às 15.29.15
Vépres de San Ignacio

Ensemble Elyma
Coro de Niños Cantores de Cordoba

Domenico Zipoli (Prato, Itália, 1688 – Córdoba, Argentina, 1726) foi um padre jesuíta, compositor, cravista e organista da Itália. Foi aluno de Alessandro Scarlatti e Bernardo Pasquini e trabalhou na Igreja de Jesus em Roma. Como jesuíta ele se voluntariou para trabalhar nas Reduções do Paraguai onde sua experiência musical muito ajudou a desenvolver os talentos musicais naturais dos Guaranís. Ele é lembrado como o mais completo músico dentre os missionários Jesuítas. Sua reputação na Europa é baseada na sua música para cravo e órgão e deixou uma importante contribuição para a música sacra da América do Sul.

Gabriel Garrido é um regente argentino especializado em recuperar a herança musical barroca da América Latina. A partir de 1977 tornou-se professor no Conservatoire de Musique de Genève onde, em 1981, fundou o Ensemble Elyma. Em 1992 começou a gravar as primeiras gravações fundamentais das séries Les Chemins du Baroque para o selo francês K617.

Palhinha: ouça: 06. Serve Bone

Domenico Zipoli (1688 – 1726)
Les Vêpres solennelles de Saint-Ignace
01. Deus In Adjutorium – Domine Ad Adjuvandum
02. Domine Quinque / Dixit Dominus
03. Euge Serve / Confitebor Tibi Domine
04. Fidelis Servus / Beatus Vir
05. Beatus Ille Servus / Laudate Pueri Dominum
06. Serve Bone / Laudate Dominum
07. Iste Confessor
08. Hic Vir / Magnificat
09. Ichepe Flauta
10. Te Deum Laudamus

Vêpres de Saint-Ignace – 1992
Ensemble Elyma & Coro de Niños Cantores de Cordoba
Gabriel Garrido, regente
Série Les Chemis du Baroque * Réductions Jésuites de Chiquitos

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE
MP3 320 kbps -162.0 MB – 55,4 min
powered by iTunes 10.3.1

Boa audição.

Captura de Tela 2017-09-27 às 15.30.42

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Avicenna

7 comments / Add your comment below

  1. Caro Avicenna:

    Quando, através de suas postagens, descobri Domenico Zipoli, isto foi uma doce surpresa para mim. Todas as postagens dele baixei. Ele é outra face da música colonial pouco conhecida, sua especialidade aqui no PQP. Espero que tenhamos ulteriores postagens daquele.

    Até breve.

  2. A próxima postagem deve ser dele também, Adriano.
    Espero que você também venha a gostar.

    Um abraço e obrigado pela presença!

    Avicenna

  3. Fiquei muito feliz de ver Zipoli por aqui! Estou ensaiando essa mesma peça para apresentação em Setembro no Recife/PE, pelo Madrigal Marlos Nobre da Universidade Católica de Pernambuco (que é jesuíta!) Será uma das poucas apresentações dessa peça no Brasil desde os idos do período colonial! Parabéns ao Blog! Sou fã já há alguns anos e sempre continuo a descobrir preciosidades! Abração a todos.

  4. Me gustó. La sencillez de la orquestación es más acorde con la realidad de Zipoli… me parece. La grabación tiene algunas “cosillas” raras… pero está muy bueno. Gracias.

Deixe uma resposta