Thomas Arne (1710-1778): Artaxerxes

IM-PER-DÍ-VEL !!!

Durante quase trezentos anos os ingleses foram tiranizados com a maior TORTURA e CENSURA a qual um povo foi submetido. Como se não bastasse a MEDONHA RAINHA VITÓRIA — , eles eram obrigados a ingerir COMIDA INTRAGÁVEL e a OUVIR MÚSICA RUIM. Imaginem um povo que foi de tal modo cerceado que nada, mas absolutamente nada, houve entre PURCELL e BRITTEN.

POBRES INGLESES, ABANDONADOS NAQUELA ILHA ÚMIDA SEM MÚSICA!

A CENSURA apenas valia para os NATIVOS, pois aos COMPOSITORES IMPORTADOS era permitido FLANAREM LIVREMENTE compondo obras-primas, casos de HANDEL e HAYDN.

Porém, houve um cidadão que conseguiu FURAR O BLOQUEIO imposto pela censura pré e pós vitoriana compondo a ÚNICA OBRA DE VERDADEIRA ARTE MUSICAL daquele sofrido país insular. É com o coração na mão e peito CONFRANGIDO que anuncio a grande ópera ARTAXERXES, composta pelo DESTEMIDO e INCONFORMADO Thomas ARNE, o qual, cansado das MULHERES HORROROSAS, da COMIDA VOMITANTE e, PRESCIENTE, já prevendo a música LASTIMÁVEL de ELGAR e NYMAN, logrou mover a ilha em DIREÇÃO À BOA MÚSICA.

Os ingleses — TODOS REFUGIADOS NA LITERATURA — ficaram ABISMADOS com Artaxerxes e — após décadas de MÚSICA DE MERDA e COMIDA PODRE — mal puderam AVALIAR a obra que lhes chegara pelas artes deste ARNE não-SAKNUSSEN.

É com extremo ORGULHO que PQP BACH lhes apresenta a REDENÇÃO de todo um povo amordaçado… O resto vocês já aprenderam.

É como se, em plena MISÉRIA GASTRONÔMICA, lhes aparecesse sem maior aviso NIGELLA — uma CHEF que, como se não lhe bastasse a COMIDA, ainda fosse TESUDA e GOSTOSA. Ou seja, uma novidade DE CABO A RABO!

Thomas ARNE e seu ARTAXERXES foi isso, uma Nigella Lawson em meio aos rosbifes sem tempero da FEIOSA Rainha Vitória. E baixem logo este grande CD, antes que eu me IRRITE.

Thomas Augustin Arne: Artaxerxes

Disc: 1
1. Artaxerxes: Overture: Poco piu che andante – Larghetto – Gavotta
2. Artaxerxes: Act 1, Recit: Still Silence Reigns Around (Mandane)
3. Artaxerxes: Act 1, Duettino: Fair Aurora, Pr’ythee Stay (Mandane, Arbaces)
4. Artaxerxes: Act 1, Recit: Alas, Thou Know’st That For My Love Of Thee (Arbaces)
5. Artaxerxes: Act 1, Air: Adieu, Thou Lovely Youth (Mandane)
6. Artaxerxes: Act 1, Recit: O Cruel Parting! (Mandane)
7. Artaxerxes: Act 1, Air: Amid A Thousand Racking Woes (Arbaces)
8. Artaxerxes: Act 1, Recit: Be Firm My Heart (Artabanes)
9. Artaxerxes: Act 1, Air: Behold, On Lethe’s Dismal Strand (Artabanes)
10. Artaxerxes: Act 1, Recit: Stay, Artaxerxes, Stay (Semira)
11. Artaxerxes: Act 1, Air: Fair Semira, Lovely Maid (Artaxerxes)
12. Artaxerxes: Act 1, Recit: I Fear Some Dread Disaster (Semira)
13. Artaxerxes: Act 1, Air: When Real Joys We Miss (Rimenes)
14. Artaxerxes: Act 1, Recit: Ye Gods, Protectors Of The Persian Empire (Semira)
15. Artaxerxes: Act 1, Air: How Hard Is The Fate (Semira)
16. Artaxerxes: Act 1, Recit: Where Do I Fly? (Mandane)
17. Artaxerxes: Act 1, Air: Thy Father! Away, I Renounce The Soft Claim (Artabanes)
18. Artaxerxes: Act 1, Recit: Ye Cruel Gods, What Crime Have I Committed? (Arbaces)
19. Artaxerxes: Act 1, Air: Acquit Thee Of This Foul Offence (Semira)
20. Artaxerxes: Act 1, Recit: Appearance, I Must Own, Is Strong Against Me (Arbaces)
21. Artaxerxes: Act 1, Air: O Too Lovely, Too Unkind (Arbaces)
22. Artaxerxes: Act 1, Recit (Accomp): Dear And Beloved Shade Of My Dead Father (Mandane)
23. Artaxerxes: Act 1, Air: Fly, Soft Ideas, Fly (Mandane)
24. Artaxerxes: Act 2, Recit: Guards, Speed Ye To The Tower (Artaxerxes)
25. Artaxerxes: Act 2, Air: In Infancy, Our Hopes An Fears (Artaxerxes)
26. Artaxerxes: Act 2, Recit: So Far My Great Resolve Succeeds (Artabanes)
27. Artaxerxes: Act 2, Air: Disdainful You Fly Me (Arbaces)
28. Artaxerxes: Act 2, Recit: Why, My Dear Friend, So Pensive, So Inactive? (Rimenes)
29. Artaxerxes: Act 2, Air: To Sigh And Complain (Rimenes)
30. Artaxerxes: Act 2, Recit: How Many Links To Dire Misfortune’s Chain! (Semira)
31. Artaxerxes: Act 2, Air: If O’er The Cruel Tyrant Love (Mandane)
32. Artaxerxes: Act 2, Recit: Which Fatal Evil Shall I First Oppose? (Semira)
33. Artaxerxes: Act 2, Air: If The River’s Swelling Waves (Semira)
Disc: 2
1. Artaxerxes: Act 2, Recit: Ye Solid Pillars Of The Persian Empire (Artaxerxes)
2. Artaxerxes: Act 2, Air: By That Belov’d Embrace (Arbaces)
3. Artaxerxes: Act 2, Recit: Ah Me! At Poor Arbaces Parting (Mandane)
4. Artaxerxes: Act 2, Air: Monster, Away! (Mandane)
5. Artaxerxes: Act 2, Recit: See, Lov’d Semira! (Artaxerxes)
6. Artaxerxes: Act 2, Air: Thou, Like The Glorious Sun (Artabanes)
7. Artaxerxes: Act 3, Arietta: Why Is Death For Ever Late (Arbaces)
8. Artaxerxes: Act 3, Recit: Arbaces! (Artaxerxes)
9. Artaxerxes: Act 3, Air: Water Parted From The Sea (Arbaces)
10. Artaxerxes: Act 3, Recit: That Front, Secure In Conscious Innocence (Artaxerxes)
11. Artaxerxes: Act 3, Air: Tho’ Oft A Cloud, With Envious Shade (Artaxerxes)
12. Artaxerxes: Act 3, Recit: My Son, Arbaces – Where Art Thou Retir’d? (Artabanes)
13. Artaxerxes: Act 3, Air: O Let The Danger Of A Son (Rimenes)
14. Artaxerxes: Act 3, Recit (Accomp): Ye Adverse Gods! (Artabanes)
15. Artaxerxes: Act 3, Air: O, Much Lov’d Son, If Death (Artabanes)
16. Artaxerxes: Act 3, Recit: Perhaps The King Releas’d Arbaces (Mandane)
17. Artaxerxes: Act 3, Air: Let Not Rage Thy Bosom Firing (Mandane)
18. Artaxerxes: Act 3, Recit: What Have I Done! Alas, I Vainly Thought (Semira)
19. Artaxerxes: Act 3, Air: ‘Tis Not True, That In Our Grief (Semira)
20. Artaxerxes: Act 3, Recit: Nor Here My Searching Eyes Can Find Mandane (Arbaces)
21. Artaxerxes: Act 3, Duetto: For Thee I Live, My Dearest (Arbaces, Mandane)
22. Artaxerxes: Act 3, Recit: To You, My People, Much Belov’d, I Offer (Artaxerxes)
23. Artaxerxes: Act 3, Air: The Soldier, Tir’d Of War’s Alarms (Mandane)
24. Artaxerxes: Act 3, Recit: Behold My King, Arbaces At Thy Feet (Arbaces)
25. Artaxerxes: Act 3, Chorus: Live To Us, To Empire Live

Artaxerxes – CHRISTOPHER ROBSON countertenor
Arrabanes – IAN PARTRIDGE tenor
Arbaces – PATRICIA SPENCE mezzo soprano
Rimenes – RICHARD EDGAR-WILSON tenor
Mandane – CATHERINE BOTT soprano
Semira – PHILIPPA HYDE soprano
Chorus – COLIN CAMPBELL, CHARLES GIBBS bass

THE PARLEY OF INSTRUMENTS
ROY GOODMAN conductor

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE

E daí, magrão?
E daí, magrão?

PQP

31 comments / Add your comment below

  1. Estou esperando à séculos o Oratório de Natal, do nosso senhor J.S Bach!Que SAC(o)hein!
    O que vai ser deste natal sem esse magnífico oratório?

    Abraços

  2. Música lastimável de Elgar e Nyman?? Não conheço suficientemente Nyman, mas Elgar não compôs música (tão) lástimavel. Vide os Cello e Violino Concertos dele. Quanto ao Pompa e Circunstãncia, concordo que é música descartável.
    Ah sim, Nigella. Oh mulherão!!! Quando crescer quero uma Nigella pra mim. rssss.

  3. Ei? Vocês estão falando de mim?

    Eu não pedi Oratório de Natal nenhum! Só falei que o Peter Schreirer (é assim que se escreve?) vem regê-lo no final do ano aqui em São Paulo.

    Vocês que precisam prestar mais atenção! E é Rafael Cattai, não Rafael Ladislau! :p

  4. Meu caro Cattai, se vc olhar acima nos comentários, verá que tem um xará seu, com o sobrenome ou segundo nome, não sei, Ladislau… é ele quem diz que está esperando a séculos o Oratório de Natal.

  5. Quanto a música, tem um monte de grandes compositores ingleses, principalmente entre os séculos XV e XVII, pra quem se interessa por música desse período.

    Quanto a comida eu realmente não sei, mas o Reino Unido sempre teve mulheres muito mais interessantes do que essa Nigella aí, que parece comer muito pudim (ou “pudding”) durante o chá das cinco. Bonita pode ser, mas “tesuda e gostosa de cabo a rabo”… acho que o PQP pode ter exagerado no Glenfiddich.

  6. [Post polêmico detected.]

    Elgar é um lixo… Bom mesmo é Mahler, Brahms e outros expoentes do altissonantísmo oco. Aquele segundo movimento da sinfonia n. 1 de Mahler é simplesmente uma das coisas mais medonhas já compostas.

  7. Veja bem, PQP: na verdade, escrevi que você teria exagerado “no Glenfiddich”, apenas me referindo às supostas virtudes da Nigella. Bonita, ok, mas para um inglês recém-saído do pub ela deve realmente ser muito gostosa.

    Quanto a seu post, realmente, é equilibrado como um fim de tarde na Trafalgar Square.

  8. Mano pqp, acabei de baixar Todos os Concertos para órgão ( e adjacentes tb) com Pinnok e as Suites para Cravo, também de Handel, te interessa ?
    Se vossa senhoria majestade patrono de toda eternidade quiser eu subo ele aqui ( tenho uma conta no Megaupload, e lhe passo o link.
    Espero a resposta

  9. Caro PQP, botei pra upar aqui em casa, mais vai demorar um pouquinho.Pelo visto vai ficar a noite toda. Amanha, as 6 da manha, antes de eu ir pra escola, eu boto os links aki.
    abraços.

  10. Resgatando um cd sensacional de ópera! De ópera? Sim, mãinha, de ópera! Fiquei até assustado quando vi. Hehe…
    Aliás, existiu um belo cd aqui, duas eras geológicas atrás, que me faz muita falta: Tito Manlio, de Vivaldi. A capa era uma máscara de carnaval dourada, daquelas do intenso frio veneziano.
    Nem o post eu consegui achar… =/

Deixe uma resposta