G. F. Handel (1685-1759): Israel in Egypt / Zadok the Priest / The King shall rejoice

IM-PER-DÍ-VEL !!!

(Não costumo revalidar links a quaisquer pedidos, mas há exceções. Desta vez o cara iniciou seu pedido — ver comentário abaixo — assim, ó: “Caríssimo plantador de civilização, boa noite!”.

Me apaixonei).

A propaganda que apresenta a Liga dos Campeões na ESPN Internacional usa como trilha Zadok the Priest. Sim, a entrada tonitruante do coral. Fica bonito. Pena que meus times europeus — Roma e Benfica — nunca cheguem perto da conquista. Quem manda torcer para pobres?

Este é um disco sensacional que foi relançado pela Philips DG – The Originals naquela sua coleção dois pelo preço de um. Encontrei-o dando sopa por aí, enquanto virava algumas latas de lixo na calçada a fim de facilitar o trabalho de Bluedog. Trabalhamos em equipe. Vi este mp3 em formato de apenas 128 kbps cair de uma delas e fui dormir longe das pulgas que acompanham nosso amigo, tranquilo, sob as estrelas, sonhando com reis e viagens imaginárias de uma nação a outra.

Handel – Israel in Egypt / Zadok the Priest / The King shall rejoice

Disc: 1
1. Israel in Egypt, oratorio, HWV 54: Overture
2. Israel in Egypt, oratorio, HWV 54: Part 1. Exodus. No. 1. Recitative. Now there arose a new king. No. 2. Chorus. And the children of
3. Israel in Egypt, oratorio, HWV 54: Part 1. Exodus. No. 3. Recitative. Then sent He Moses. No. 4. Chorus. They loathed to drink of the
4. Israel in Egypt, oratorio, HWV 54: Part 1. Exodus. No. 5. Air. Their land brought forth frogs
5. Israel in Egypt, oratorio, HWV 54: Part 1. Exodus. No. 6. Chorus. He spake the word
6. Israel in Egypt, oratorio, HWV 54: Part 1. Exodus. No. 7. Chorus. He gave them hailstones for rain
7. Israel in Egypt, oratorio, HWV 54: Part 1. Exodus. No. 8. Chorus. He sent a thick darkness
8. Israel in Egypt, oratorio, HWV 54: Part 1. Exodus. No. 9. Chorus. He smote all the first-born of Egypt
9. Israel in Egypt, oratorio, HWV 54: Part 1. Exodus. No. 10. Chorus. But as for his people
10. Israel in Egypt, oratorio, HWV 54: Part 1. Exodus. No. 11. Chorus. Egypt was glad when they departed
11. Israel in Egypt, oratorio, HWV 54: Part 1. Exodus. No. 12. Chorus. He rebuked the Red Sea
12. Israel in Egypt, oratorio, HWV 54: Part 1. Exodus. No. 13. Chorus. And Israel saw that great work

Disc: 2
1. Israel in Egypt, oratorio, HWV 54: Part 2. Moses’ Song. No. 14. Introitus. Moses and the children of Israel
2. Israel in Egypt, oratorio, HWV 54: Part 2. Moses’ Song. No. 15. Duet. The Lord is my strength
3. Israel in Egypt, oratorio, HWV 54: Part 2. Moses’ Song. No. 16. Chorus. He is my God
4. Israel in Egypt, oratorio, HWV 54: Part 2. Moses’ Song. No. 17. Duet. The Lord is a man of war
5. Israel in Egypt, oratorio, HWV 54: Part 2. Moses’ Song. No. 18. Chorus. The depths have covered them
6. Israel in Egypt, oratorio, HWV 54: Part 2. Moses’ Song. No. 19. Chorus. Thy right hand, o Lord
7. Israel in Egypt, oratorio, HWV 54: Part 2. Moses’ Song. No. 20. Chorus. And with the blast of thy nostrils
8. Israel in Egypt, oratorio, HWV 54: Part 2. Moses’ Song. No. 22. Air. Thou didst blow with the wind
9. Israel in Egypt, oratorio, HWV 54: Part 2. Moses’ Song. No. 23. Chorus. Who is like unto thee
10. Israel in Egypt, oratorio, HWV 54: Part 2. Moses’ Song. No. 24. Duet. Thou in thy mercy
11. Israel in Egypt, oratorio, HWV 54: Part 2. Moses’ Song. No. 25. Chorus. The people shall hear
12. Israel in Egypt, oratorio, HWV 54: Part 2. Moses’ Song. No. 26. Air. Thou shalt bring them in
13. Israel in Egypt, oratorio, HWV 54: No.26 Air: “Thou shalt bring them” (Part 2: Moses’ Song)
14. Israel in Egypt, oratorio, HWV 54: Chorus:”The Lord shall reign” – Rec.: “For the horse” – Chorus – Rec.: “And Miriam” – Chorus: “Sing ye to the Lord”)

15. Zadok the Priest, coronation anthem No. 1 for chorus & orchestra, HWV 258

16. The King Shall Rejoice, coronation anthem No. 2 for chorus & orchestra, HWV260

Os solistas vocês descobrem…
Monteverdi Choir
English Baroque Soloists
John Eliot Gardiner

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE

champions-league

PQP

7 comments / Add your comment below

  1. Ah PQP

    meus times a Inter de Milão e o Porto são outro papo, que sabe se tu torcer para times que não tenham o vermelho te saías melhor.
    grande disco

    abraço

  2. PQP,
    Efectivamente, o hino da Champions é baseado no “Zadok the Priest”, uma das minhas peças favoritas e sabe pq? Porque há 200 e tal anos que este manto de majestade musical serve para coroar os monarcas ingleses! 😛

    bjs.

  3. A parceria Monteverdi Choir, English Baroque Soloists (instrumentos de época),
    John Eliot Gardiner é perfeita.
    Tudo o que eles tem gravado (que eu conheço) é excelente.
    A Missa Solemnis de Beethoven, por exemplo, com eles é de arrepiar.
    Na minha opinião, são “The Best”

  4. Não sabia que Haendel havia incluído trombones em suas orquestrações… Pra mim é uma novidade.
    (ou será esta uma versão póstuma?)

  5. Handel incluiu o trombone sim nas suas orquestrações. Apesar de esta ser a seguna versão de Israel no Egito, a primeira tb tem os trombones. A primeira versão traz uma parte inteira que foi cortada na segunda, a Lamentção dos Judeus pela morte de Daniel. No Bransle de champagne vc encontra esta versão qué mais completa que a de Gardiner. Com Cleobury e Brandenburg Consort. A propósito os trmbones aparecem tb em Saul, tenho todos oratórios de handel e apenas nestes doi ocorrem os trombones na orquestra. Nas óperas em nenhuma foram usados, tenho todas tb.

  6. Para mim a leitura que Gardiner faz do Zadok é simplesmente imbatível. Já o seu Israel é superado, em muito, pelo Chistophers, que inclusive tem, numa das gravações, mais antiga, a obra completa, incluindo a lamentação pela morte de José.
    Abraços

Deixe uma resposta