Marcus Ferrer – Viola em concerto

Pra quem ainda pensa que viola caipira só serve pra tocar música caipira e não vê que ela está cada vez mais se integrando a outros gêneros, como rock, blues, choro, metal e… música clássica. Neste álbum só há peças inéditas de compositores eruditos contemporâneos – talvez o primeiro a empreender coisa do tipo – e cada uma tem uma linguagem diferente da outra. Deem uma ouvida e comentem.

***

Quem me enviou o arquivo não sabe o nome das faixas, nem eu consegui obter via Google, só achei um release e uma notícia, mas sei que neste CD não tem nada de compositores já falecidos – todas as obras são inéditas e foram compostas para Marcus Ferrer.

[Update: setlist e encarte enviados pelo visitante Johannes Brahms]

1- Edino Krieger / Ponteando
2- Jorge Antunes / Em casa de ferrer, viola de pau
3- Pedro Kröger / Seresta
4- Roberto Velasco / Viola volpi
5- Roberto Victório / Prelúdio X
6- Rufo Herrera / Andinas nº 3
7- Marisa Rezende / Psssssiu!…
8- Eli-Eri moura / Crusmática
9- Edson Zampronha / Capriccio
10- Marcos Lacerda / Memória do nada
11- Maurício Dottori / Vago e florido firmamento de notas
12- Frederico Richter (Frerídeo) / Cantos expressivos

BAIXE AQUI O CD

BAIXE AQUI O ENCARTE

CVL

13 comments / Add your comment below

  1. Caro P.Q.P.,

    Há uns dias atrás achei perdidas pela internet algumas composições de um senhor chamado Giacomo Giovanni Gastoldi (ou seria Giovanni Giacomo?), uns madrigais. Não sou músico, não entendo de música, mas sou apassionato por música erudita. Então o máximo que posso dizer à respeito dos 4 madrigais que achei por acaso desse compositor é que eles são muito bonitos e me comoveram, embora os temas fossem os mais cotidianos possíveis. O fato é que não consegui encontrar nada para baixar dele além desses madrigais cuja gravação, esqueci de informar, era de péssima qualidade. Gostaria de saber se há a possibilidade de sair aqui no teu site algum CD do Gastoldi ou se tu sabes de alguma recôndita reentrância da internet em que esteja disponível algum material dele.
    Obrigado.

  2. “Marcus Ferrer – Viola em concerto”
    É um dos trabalhos de Marcus Ferrer menos virtuosistico e musicalidade moderna, digo isso pois o seu trabalho em conjunto com a Orquestra Brasileira de Cordas supera em muito a qualidade desse seu disco solo.
    Não podemos esquecer de outros violeiros importantes como Paulo Freire, Pena Branca,etc. e principalmente do Tavinho Moura que além de vários trabalhos de pesquisa sobre Folia de Reis, festas populares do interior Minas Gerais também colocou a viola nas salas de concerto junto a várias orquestras sinfônicas e camerísticas.
    Outro trabalho e documentários que merece ser conhecido é o “Violeiros Do Brasil – MYRIAM TAUBKIN ” :
    http://www.youtube.com/watch?v=LZMUFLBH3DQ , entre joias e perolas do meu Brasil, Myriam conta alguns causos e prozas com jeitinho bem mineirinho.
    sds.

  3. Esqueci de uns causos
    “Violeiro que é bom mesmo faz pacto com o “tinhoso” pra ser um bom violeiro matuto”
    “Violeiro coloca um guizo de cascavel para deixar a viola mais afinada e pro som ficar mior”
    Um filme que retrata o violeiro :Tapete Vermelho – Luiz Alberto Pereira.
    sds.

  4. eis o setlist:

    1- edino krieger / ponteando
    2- jorge antunes / em casa de ferrer, viola de pau
    3- pedro kröger / seresta
    4- roberto velasco / viola volpi
    5- roberto victório / prelúdio x
    6- rufo herrera / andinas nº3
    7- marisa rezende / psssssiu!…
    8- eli-eri moura / crusmática
    9- edson zampronha / capriccio
    10- marcos lacerda / memória do nada
    11- maurício dottori / vago e florido firmamento de notas
    12- frederico richter (frerídeo) / cantos expressivos

  5. tenho o encarte completo com comentários sobre as faixas, mas nao sei para quem enviar. que algum colaborador do blog se manifeste, ficarei grato em enviar os scans.

  6. Olá Avicenna
    Parabéns pelo trabalho do site. De primeira categoria!
    Aprendo muito por aqui. Pergunto se seria possível recolocar a link (viola em concerto) ? Pois o megaupload já é findado.
    Abraços,

    Marcelo.

Deixe uma resposta