J.S.Bach (1685-1750) – Sonatas para Viola da Gamba e Cravo transcritas para Viola

Sim, engana-se quem pensa que PQP Bach teria algo contra Keith Jarrett tocando música clássica. Esse moço sempre foi meio confuso: desde os anos 70, quando ouvi o final do lado 2 (da metade para o fim) do disco duplo Nude Ants, fiquei sabendo que Jarrett era um apaixonado por meu pai e sei que este é um caminho sem volta. É como as drogas. E Jarrett é um bachiano autêntico. Claro que não é o maior dos cravistas, digo apenas que não o reprovo nem tenho preconceitos. Ele tem o vírus. Aqui, ele e Kim Kashkashian realizam uma bela e respeitosa abordagem a estas maravilhosas peças de meu pai. O problema de Kim é outro. Escolheu um instrumento quase sem repertório, então — depois de tocar o que há de Bartók, Hindemith e a mais tocante das músicas (a Sonata para Viola de Shosta) — resta-lhe fazer transcrições ou morrer feito um liquificador fazendo ostinatos numa orquestra, mais ou menos como um cão que se coça.

É um bom disco da ECM. PUBLIQUE-SE.

Bach: Sonatas for Viola da Gamba and Harpsichord

1. Sonata in G BWV 1027 – Adagio
2. Allegro ma non tanto
3. Andante
4. Allegro moderato

5. Sonata in D BWV 1028 – Adagio
6. Allegro
7. Andante
8. Allegro

9. Sonata in G minor BWV 1029 – Vivace
10. Adagio
11. Allegro

Kim Kashkashian, viola
Keith Jarrett, cravo

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE

PQP

6 comments / Add your comment below

  1. Apagou meu reply no post de Lyghethi, hein? Só porque coloquei o endereço de outro blog de música clássica, tal como o PQPBach? Não ganhei nem vou ganhar um centavo por aquela “propaganda”. Coloquei para o pessoal que frequenta aqui, conhecesse, se é que já não conhece. É PQP, com vc não tem conversa: magou, deleto!!! Só vou frequentar seu blog para abaixar o que me der na telha, e vc pode ir pra p.q.p, capixe??
    Mas é claro, vai deletar esse tb, não??

  2. Caríssimo autor do Blog. Quando li aqui teu aviso sobre haver ataques à tua pessoa eu achei que não fossem coisas tão ridículas como o comentário do infeliz acima.

    Sou leitor ávido do teu blog. É um trabalho dos mais magníficos que já vi no meio da internet nacional. Pelo menos 90% dos blogs que encontro por aí são verdadeiros poços de inutilidade. Deixo aqui expresso para o sr. o meu contentamento com o trabalho realizado aqui.

    Parabéns.

  3. Discordo plenamente do que disse a respeito da viola. Sou estudante de harpa mas sempre procuro saber de tudo musicalmente falando, especialmente ópera ^^
    Viola é um dos instrumentos que mais tem repertório! Muita da musica escrita para esse instrumento é muito pouco conhecida, mas tem obras magnificas! E vale lembrar que Lizst,depois de tocar tudo o que existia para tocar de repertorio no piano começou a tocar repertorio de outros instrumentos, o que é otimo e nos deixa com muito mais material de deliete e analise! Yo Yo Ma fez o mesmo…o que eu acho muito interessante trazer de uma forma moderada e inteligente novas caras às composições. E até Bacha fazia isso! Trancrevia obras de violino de Vivaldi e outros nomes do Barroco para cravo por exemplo ou órgão! Música é música seja com qual instrumento for, desde que seja feita com amor e seriedade.

Deixe uma resposta