Ernest Bloch (1880 -1959): Quartetos de Cordas

Foi através de algumas críticas entusiasmadas sobre este disco que entrei em contato pela primeira vez com a música de Bloch. O que mais me chamou a atenção foi o fato do compositor ter vivido as duas Grandes Guerras e escrito suas impressões através de dois quartetos de cordas: O primeiro quarteto escrito em 1915-16 e o segundo em 1945-46. O Quarteto de Cordas n.1 tem quase uma hora de duração, e às vezes parece atingir aquela linha perigosa, onde as idéias caminham por inércia. Mas a impressão é logo sobrepujada pela honestidade e virtuosismo de sua escrita. Em muitos momentos esse quarteto antecipa a música bélica de Shostakovich. Já o quarteto n.2 é mais conciso e mais bem estruturado; sem, contudo, perder as qualidades do primeiro quarteto: vigor e espontaneidade. Um crítico mais exagerado colocou esta obra ao lado dos últimos quartetos de Beethoven.

Nos quartetos n.3 e n.4 o peso das duas Grandes Guerras não estão mais presentes. As influências judaicas também foram bastante diminuídas (lembro aqui que Ernest Bloch foi um compositor judeu bastante ativo, escreveu peças em prol da causa judaica como a Suíte Hebraica, Baal Shem, e Israel Symphony). Nestes dois quartetos temos música pela música, ou usando aquele termo usual e duvidoso: música absoluta. Uso esporádico do dodecafonismo com elementos bartokianos.

Infelizmente estes quartetos foram pouco gravados e executados, acho que o quarteto n.1 só existe neste registro. A compensação é que o Griller String Quartet interpreta com incrível dedicação e força, deixando quase nada a ser desejado, apenas uma melhor qualidade sonora (gravação feita em 1954). Mesmo assim, nesse disco é possível perceber a importância dessas obras.

Disco: 1
1. String Quartet n.1: Andante moderato
2. 2. Allegro frenetico
3. 3. Andante molto moderato (Pastorale)
4. 4. Finale (Vivace)
5. String Quartet n.3: Allegro deciso
6. 2. Adagio non troppo
7. 3. Allegro molto
8. 4. Allegro

Disco 2:
1. String Quartet n.2: Moderato
2. 2. Presto
3. 3. Andante
4. 4. Allegro molto
5. String Quartet n.4:Tranquillo – Allegro emergico – Tranquillo
6. 2. Andante
7. 3. Presto – Moderato – Presto
8. 4. Calmo – Allegro deciso – Calmo

BAIXE AQUI (Disco 1 – parte 1) – DOWNLOAD HERE
BAIXE AQUI (Disco 1 – parte 2) – DOWNLOAD HERE

BAIXE AQUI (Disco 2) – DOWNLOAD HERE

cdf

7 comments / Add your comment below

  1. Hi there!
    I’ve posted <Hanns Eisler: Klavierwerke I & II (works for piano) at my blog (http://www.dcshare.de.vu).
    If you want, you can post it at your blog, too!
    🙂
    I really like your blog, fantastic music, especially Mahler, Schoenberg, Webern etc… 😉

    greetings,
    anarchos (= Florian Jurzitza) from dcshare.myblog.de

  2. Caro P. Q. P. Bach,

    Por coincidência, estou precisamente neste momento a ouvir um outro disco com o Griller Quartet, com os Quartetos Nºs 1 & 2 do britânico Arthur Bliss. Grande quarteto de cordas, e grandes discos!

    Abraço,

    Heitor

  3. Oi Pqp, tudo bem?
    Cara, vc pode, por favor, postar de novo esses quartetos. E realmente, eu também nunca consigo achar o primeiro. Não vi nenhuma outra gravação até agora, não consegui achar essa interpretação do quarteto britânico citado lá em cima pelo Heitor.
    Abraços

Deixe uma resposta