Cesar Franck (1822-1890), Claude Debussy (1862 – 1918), Maurice Ravel (1875-1937) – Sonatas para Violino e Piano

Pois é, F.D.P. Bach já postou este CD em julho do ano passado. Gostei imensamente dele e o comprei na Amazon. Volto a postá-lo porque na gravação postada por FDP não havia divisão de faixas; então ofereço hoje a vocês aqui a versão faixa a faixa deste CD recém chegado. O texto de FDP demonstrava avassaladora paixão por este grande trabalho da portuguesa Pires e de seu estranho violinista Dumay (francês). Tinha razão!, ainda mais considerando-se a rotineira ruindade da música francesa, minha cara Clarita Schumann:

Atendendo à uma solicitação feita, FDP posta aqui uma excelente gravação da Sonata para violino e piano de Cesar Franck. De quebra, ainda vai Debussy e Ravel de brinde. A interpretação estará a cargo de Augustin Dumay e Maria João Pires. Gosto muito da sonata de Franck. Considero-a de extrema sensibilidade e delicadeza. Imagino sempre, ao ouví-la, que estou deitado na relva, ao lado de um regato tranqüilo, com uma leve brisa soprando.

Boa audição!

César Franck (1822 – 1890) – Sonata for Violin and Piano in A
1- Allegretto ben moderato
2 – Allegro – Quasi lento – Tempo 1 (Allegro)
3 – Recitativo – Fantasia (ben moderato – Largamente – Molto Vivace
4 – Allegretto poco mosso

Claude Debussy (1862 – 1918) – Sonata for Violin and Piano in G minor
5- Allegro vivo
6 – Intermede – fantasque et léger
7 – Finale (Trés anime)

Maurice Ravel (1875 – 1937)
8 – Berceuse sur le nom de Gabriel Fauré
9 – Vocalise – Etude (en forme de Habanera)
10 – Tzigane

Augustin Dumay – Violin
Maria João Pires – Piano

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE

9 comments / Add your comment below

  1. Grande disco! Sabe que no próximo mês vou ter de novo a oportunidade de assistir a um recital de Maria João Pires, desta vez no Porto (Casa da Música). Já há muito que todos os bilhetes foram vendidos…

    Abraço,

    Heitor

  2. Maria João é uma pianista maravilhosa e ela e Dumay foram muito felizes neste disco.

    Heitor, sei pouco sobre o que ocorreu com ela. Maria João mora agora na Bahia, não???

    Abraços.

  3. Não sei se na Bahia, mas é verdade que ela actualmente reside no Brasil. O que se passou foi que a pianista ficou desiludida com os apoios, ou mais exactamente com a falta deles, que recebeu para o seu projecto em Belgais (http://www.belgais.org/Port/projectos.asp), onde instalou uma escola de ensino artístico numa quinta que lá adquiriu. O projecto viveu (e vive) sempre com bastantes dificuldades financeiras, por falta dos tais apoios estatais com que ela contava. Até que a senhora se chateou de vez e foi viver para aí.

    Abraço,

    Heitor

  4. De repente bateu uma saudade indomável de ouvir César Franck – e de repente me percebi viciado em abrir este site como se fosse a minha fonoteca pessoal, em lugar de recorrer ao meu “museu particular do vinil”, que era a regra até um mês atrás.

    Quis as Variações Sinfônicas, não sei por quê. Sempre apreciei moderadamente essa peça para piano e orquestra, não tanto quanto o Prelúdio, Coral e Fuga, a Sinfonia, os “corais” para órgão. Mas desta vez o coração pedia pra ser lavado numa enxurrada de Variações Sinfônicas.

    Aí venho rápido aqui à “nossa” discoteca e… como… só “temos” isso de Franck?? O cara é bom, gente! Se eu tivesse em CD juro que tomava a iniciativa de compartilhar, o problema é que não tenho mesmo…

    Abraços gerais e… vamos de violino & piano por enquanto!

  5. Pois,atualmente, aqui em Portugal não interessa a Maria J.Pires para nada. Quem é essa gaja??? Aqui o que se quer é muito futebolzinho, principalmente se roubar para o lado dos vermelhos lampiões,o clube dos sete milhões. Quer-se também muitos Carreiras, Abrunhosas, Cids, Marcos Paulos, BigsBrothers,Malatos, Casa dos degredos, porcos e porcas, badalhoquice e badalhocos, ladrões e vigaristas, caça à multa, politicos corruptos, quer-se fome, quer-se tudo menos a Maria João. Ontem, um desempregado com três filhos que vivia num barraco cedido pela câmara foi condenado a pagar 20 000 euros de multa por ter tido o desplante de, numa aldeia no norte, tapar numa via de terra um buraco de um metro quadrado de diâmetro, para evitar acidentes. – Mas é uma partida de mau gosto? -Perguntou. – Não,-respondeu um advogado – tem quinze dias para contestar. Depois se não pagar, vai preso. Hoje, o ex-Presidente do Boavista FC, e atual Presidente da Camara de Gondomar, O Major Valentim Loureiro, mais conhecido por capitão batata, um dos maiores ladrões e vigaristas da secular história de Portugal, foi outra vez absolviso em tribunal de um crime de corrupção… Para que é que nós queremos a Maria João? Quem é essa gaja??? Queremos é muitos capitães batatas, neste país que Almada Negreiros apelidou do país mais miserável de toda a Africa. Que os nossos gloriosos antepassados nos desculpem!!!!

Deixe uma resposta