Franz Joseph Haydn (1732-1809): Concertos para Piano – Leif Ove Andsnes

Haydn

Concertos para Piano

Norwegian Chamber Orchestra

Leif Ove Andsnes

Enquanto Mozart usava de seus concertos para piano para mostrar seu virtuosismo e atrair o público para os concertos que organizava, no caso de Haydn a motivação era diferente. Apesar de suas habilidades ao teclado, ele não era um virtuose. Seus concertos (ou divertimentos) foram compostos na medida que eram demandados por suas funções a serviço de seus patrões.

A lista de seus concertos para piano não é curta, mas agrega peças para cravo, órgão ou piano e entre os quatorze itens, apenas os três gravados neste disco são claramente de sua autoria.

Schantz, 1790

Os Concertos em fá e em sol maior devem ter sido compostos para o cravo como instrumento solista, enquanto que o Concerto em ré maior pode ter sido composto para o pianoforte. Haydn adquiriu um destes instrumentos construído por Wenzel Schantz em 1788 e passou a preferi-lo no lugar do cravo, devido ao seu ‘tão particular toque claro, leve e agradável’.  Os concertos são obras musicais do tipo ‘galante’ e sua orquestração usando apenas cordas, com um par de oboés e de trompas acrescentados no concerto em ré maior. Este é o mais popular dos três possivelmente devido ao seu inesquecível último movimento, o Rondo all’Ungarese (Allegro assai).

Maria Theresa von Paradis

O Concerto em sol maior foi apresentado no dia 18 de abril de 1784 em Paris, em um sofisticado Concert Spirituel, pela pianista, cantora e compositora cega, Maria Theresa von Paradis. Mozart teria completado em setembro deste mesmo ano, também para ela, o seu Concerto em si bemol maior, K. 456.

Eu andei ouvindo outras gravações além desta que estou postando, inclusive algumas onde o cravo ou o pianoforte é usado. Ouvi também alguns outros concertinhos, uns com órgão, dos que não são atribuídos a Haydn. Todos são agradáveis, mas estes três realmente se destacam.

Franz Joseph Haydn (1732 – 1809)

Concerto para Piano No. 4 em sol maior, Hob XVIII: 4

  1. Allegro
  2. Adagio
  3. Finale (Rondo – Presto)

Concerto para Piano No. 3 em fá maior, Hob XVIII: 3

  1. Allegro
  2. Largo cantabile
  3. Finale (Presto)

Concerto para Piano No. 11 em ré maior, Hob XVIII: 11

  1. Vivace
  2. Um poco adagio
  3. Rondo all’Ungarese (Allegro assai)

Norwegian Chamber Orchestra

Leif Ove Andsnes, piano e direção

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE

FLAC | 182 MB

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE

MP3 | 320 KBPS | 122 MB

O que fazer quando sair da quarentena?

A gravação de Leif Ove Andsnes é de 2000 e o disco recebeu (merecidamente) louvores e prêmios de crítica. Como disse um destes críticos naqueles dias: “In his hands and those of the Norwegian Chamber Orchestra […] these concertos blossom’.

Aproveite!

René Denon

1 comment / Add your comment below

  1. Fico sempre feliz quando um post com obras do meu mestre querido, a quem acompanho desde os tempos de minha infância, interessando-me por sua vida, trajetória e obras, são disponibilizadas a quem ainda não tem intimidade com ele, ainda tão desconhecido e mesmo tomado como menor. Destes concertos tenho como referência ímpar a execução feita por Andreas Staier, acompanhado pela Orquestra Barroca de Friburgo. Mas com certeza irei conferir a interpretação de Andsnes. Abraços

Deixe uma resposta