Coral Ford/Willys • Pe. José Maurício Nunes Garcia: Laudate Pueri + Te Deum (Acervo PQPBach)

Captura de Tela 2017-10-02 às 16.18.36Coral Ford/Willys
Integrantes da Orquestra de Câmara de S. Paulo
e do Teatro Municipal de S. Paulo
1969

Um faxineiro cantar num coral? Um ferramenteiro entende de máquinas; e de música, ele entende alguma coisa?

Muita gente acha que música é privilégio. Mas, nós não vemos as coisas assim.

Hoje, trabalho com quarenta cantores, no Coral Ford/Willys, vindo de todas as partes funcionais da empresa. São ajudantes, desenhistas, faxineiros, torneiros, advogados, operadores de máquinas, ferramenteiros, engenheiros, mecânicos, eletricistas, supervisores, gerentes, tapeceiros, auxiliares de escritório, secretárias. Tudo formando uma unidade só, musicalmente…. Ao todo já fizemos centos e dez apresentações públicas …
(Geraldo Menucci, diretor artístico, 1969)

Coral Ford/Willys
Pe. José Maurício Nunes Garcia (1767-1830, Rio de Janeiro, RJ)
1. Laudate pueri 1. Alegro maestoso
2. Laudate Pueri 2. Andante. Allegro giusto
3. Laudate pueri 3. Allegro maestoso
4. Te Deum 1. Maestoso
5. Te Deum 2. Larghetto
6. Te Deum 3. Allegro moderato. Più allegro

Coral Ford/Willys – 1969
Coral Ford/Willys & Integrantes das Orquestras de Câmara de S. Paulo e do Teatro Municipal de S. Paulo
LP de 1969 digitalizado pelo Avicenna, sendo que a última faixa estava muito judiada.

memoria

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE
XLD RIP | 297,6 MB |

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE
MP3 | 320 kbps | 84,7 MB

powered by iTunes 12.3.3 | 24,8 min

 

Conheça o site do Pe. José Maurício AQUI

Boa audição.

estatuas

 

 

 

 

 

 

.

 

Avicenna

0 comments / Add your comment below

  1. Muito bom mesmo. Eu também nunca enxerguei a música como sendo privilégio único de uma minoria. Qualquer um, praticamente, pode aprender a tocar ou a cantar, basta ter vontade. Os resultados são sempre (ou quase sempre, sei lá) bons. Aliás, pessoalmente acho que quem estuda música enquanto ainda está na escola nunca tira notas ruins. Aprender a teoria estimula o raciocínio, e fora isso tem outros benefícios, mas o adquirimento de cultura é o maior deles. Esse texto é um verdadeiro incentivo para quem quiser estudar música.
    Parabéns.

Deixe uma resposta