Chorale des Jeunesses Musicales de France: Tomás Luis de Victoria

2lw61ieChorale des Jeunesses Musicales de France Tomás Luis de Victoria
Gravação de 1956

O Chorale des Jeunesses Musicales de France, fundado pelo maestro Louis Martini, foi um dos melhores corais europeus dos anos 50 e 60.

Especializaram-se na interpretação de músicas do barroco francês.

Existem raríssimas referências a ele e seu coral na internet. Uma das poucas, informa: “May 6–May 28, 1956 – In Paris, Heitor Villa-Lobos supervises the recording of his Bachiana Brasileira No. 6 by Fernand Dufrene (flute) and René Plessier (bassoon) and his Bachiana Brasileira No. 2 with the Orchestre National de la Radiodiffusion Française, the four suites of his Descobrimento do Brasil, his Chôros No. 10 and his Invocação em defesa da patria, with Maria Kareska (soprano), the Chorale des Jeunesses Musicales de France, and the Orchestre National de la Radiodiffusion Française for EMI.” (Wikipedia)

Tradução, segundo a gentil contribuição do nosso ouvinte Orlando: “28 de maio de 1956 – Em Paris, Heitor Villa-Lobos supervisiona a gravação de sua Bachiana Brasileira No. 6, com Fernando Dufrene (flauta) e René Plessier (fagote) e de sua Bachiana Brasileira No. 2 com a Orchestre National de la Radiodiffusion Française, as quatro suítes de seu Descobrimento do Brasil, seus Choros No. 10 e sua Inovação em defesa da pátria, com Maria Kareska (soprano), o Chorale des Jeunesses Musicales de France e a Orchestre National de la Radiodiffusion Française pela EMI”.”

Esta postagem é a primeira de várias gravações épicas desse coral que aqui serão postadas. Espero que apreciem.

Tomás Luis de Victoria (Spain, 1548-1611)
01. O Vos Omnes
Anônimo

02. Le Noël de la Marche des Rois (Noël provençal)
03. Prière des Albigeois (1208)

O Vos Omnes / Le Noël de la Marche des Rois / Prière des Albigeois – 1956
Chorale des Jeunesses Musicales de France
Louis Martini, direction
Trilhas digitalizadas de LP de 1956

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE
MP3 320 kbps – 33,2 MB – 13,7 min
powered by iTunes 10.5

Partituras e outros que tais? Clique aqui

Boa audição.

2v17tyh

 

 

 

 

 

 

Avicenna

18 comments / Add your comment below

  1. Muito obrigado! Valeu!!!

    Só traduzindo o texto da Wikipédia, pro caso de alguém não ter entendido, sempre aparece alguém: “28 de maio de 1956 – Em Paris, Heitor Villa-Lobos supervisiona a gravação de sua Bachiana Brasileira No. 6, com Fernando Dufrene (flauta) e René Plessier (fagote) e de sua Bachiana Brasileira No. 2 com a Orchestre National de la Radiodiffusion Française, as quatro suítes de seu Descobrimento do Brasil, seus Choros No. 10 e sua Inovação em defesa da pátria, com Maria Kareska (soprano), o Chorale des Jeunesses Musicales de France e a Orchestre National de la Radiodiffusion Française pela EMI”.

    Grato.

  2. Beleza de Coral!
    Muito Harmonioso e Homogeneo!
    Proprio tambem para festas Natalinas.

    Amo seu blog!
    PQP! Muitro rico em classicos!
    Baixei a Guiomar Novais e lhe agradeço muito por nos faciitar aquisições de preciosidades que não se acha mais no mercado!
    Um grande abraço com queijo,Pão de queijo e um beijo!
    Mignez – B.H.

  3. Excelente postagem! É uma pena que se fale tão pouco em Victoria, eu nem sabia que Bizet havia usado um tema seu, numa obra tão importante…

  4. Orlando, Mignez, noelprado, Hipólito, Nicolas, Adriano, obrigado pelo registro de seuas presenças!

    Em abril de 2010 o CVL aquí postou uma obra do barroco francês, com um comentário muito apropriado: “Já disse isso uma vez, mas repito: não compreendo como a indústria fonográfica internacional joga confetes nos representantes-mor do barroco alemão, italiano e inglês (Bach, Vivaldi e Haendel) e negligencia o barroco francês (quem de vocês cita Lully, Rameau ou Charpentier de bate pronto como os famosos citados dos países vizinhos?). Acho isso uma distorção histórica que espero que seja corrigida ao longo do tempo.”

    Um abraço,

    Avicenna

  5. Olá, Avicenna.
    Este comentário não tem nada a ver com a bela peça de Victoria.
    Eu gostaria apenas de perguntar-te se te interessam as missas de Nossa Senhora da Conceição e de São Sebastião de Carlos Gomes. São trabalhos muito interessantes, que, claro, vindo de quem vêm, remetem a formações operísticas, ainda que sejam obras de sua juventude.
    Estão dentro da sua área de interesse (música sacra colonial e imperial latinoamericana)… Se quiser (caso não tenha, o que é difícil), posso passar os arquivos para você.
    Um abraço.

  6. Muito obrigado, Mateus!
    Já recebí e baixei.
    Ainda não ouví.

    Sem dúvida serão postadas essas verdadeiras raridades!

    Não tem preço!!!!!!!

    Avicenna

  7. maravilhoso…
    e ainda como brinde (para mim que nao conhecia) atraves da citaçao nos comentarios esclarecedores, vim a conhecer a ‘Invocação em Defesa da Patria’ do Villa. segue um link da obra com Norton Morozowicz:
    https://www.youtube.com/watch?v=-1WwVdoMxZo

    (pena que os interesses comerciais em cima da obra do Villa nao permitam uma maior divulgacao)

  8. Obrigado pelo post. Para mim, Victoria é O compositor renascentista. É sublime, maravilhoso, com uma obra incrível que vai muito mais além do seu Requiem, tantas vezes interpretado. Tou de joelhos no altar do PQP, pedindo mais.

  9. Oi Mario – baixei dois arquivos pelo MediaFire. Conhecias esse?
    As vezes baixo pelo Mega, mas pelo OnDrive ainda nada.
    abraços
    manuel

Deixe uma resposta