Frédéric Chopin (1810-1849) – Chopin Complete Edition – CDs 5 e 6 de 17

Pois bem, então agora temos os dois cds com as Mazurkas. Talvez seja implicância minha, mas considero estas interpretações de Jean-Marc Luisada abaixo do nível imposto nos quatro primeiros cds, com gente do nível de Zimerman e Pollini. Sei lá, entende. Mas talvez seja implicância minha, como expliquei na primeira postagem, como tenho Arthur Rubinstein como referência nestas gravações, a interpretação de Luisada está aquém das expectativas. Falta impeto, paixão, força, feeling… ah, a Lylya Zilberstein também não ajudou muito, tocando algumas peças no final do segundo CD. Mas enfim, é Chopin, e talvez estas gravações sejam do agrado dos senhores.

CD 5
Frederic Chopin – op. 6, No. 1 In F Sharp Minor
Frederic Chopin – op. 6, No. 2 In C Sharp Minor
Frederic Chopin – op. 6, No. 3 In E Major_ Vivace
Frederic Chopin – op. 6, No. 4 In E Flat Minor_ Presto Ma Non Troppo
Frederic Chopin – op. 7, No. 1 In B Flat Major_ Vivace
Frederic Chopin – op. 7, No. 2 In A Minor_ Vivo Ma Non Troppo
Frederic Chopin – op. 7, No. 3 In F Minor
Frederic Chopin – op. 7, No. 4 In A Flat Major_ Presto Ma Non Troppo
Frederic Chopin – op. 7, No. 5 In C Major_ Vivo
Frederic Chopin – op. 17, No. 1 In B Flat Major_ Vivo E Risoluto
Frederic Chopin – op. 17, No. 2 In E Minor_ Lento Ma Non Troppo
Frederic Chopin – op. 17, No. 3 In A Flat Major_ Legato Assai
Frederic Chopin – op. 17, No. 4 In A Minor_ Lento Ma Non Troppo
Frederic Chopin – op. 24, No. 1 In G Minor_ Lento
Frederic Chopin – op. 24, No. 2 In C Major_ Allegro Non Troppo
Frederic Chopin – op. 24, No. 3 In A Flat Major_ Moderato
Frederic Chopin – op. 24, No. 4 In B Flat Minor_ Moderato
Frederic Chopin – op. 30, No. 1 In C Minor_ Allegretto Non Tanto
Frederic Chopin – op. 30, No. 2 In B Minor_ Vivace
Frederic Chopin – op. 30, No. 3 In D Flat Major_ Allegro Non Troppo
Frederic Chopin – op. 30, No. 4 In C Sharp Minor_ Allegretto
Frederic Chopin – op. 33, No. 1 In G Sharp Minor_ Mesto
Frederic Chopin – op. 33, No. 2 In D Major_ Vivace
Frederic Chopin – op. 33, No. 3 In C Major_ Semplice
Frederic Chopin – op. 33, No. 4 In B Minor
Frederic Chopin – op. 41, No. 1 In E Minor_ Andantino
Frederic Chopin – op. 41, No. 2 In B Major_ Animato
Frederic Chopin – op. 41, No. 3 In A Flat Major_ Allegretto
Frederic Chopin – op. 41, No. 4 In C Sharp Minor_ Maestoso

Jean-Marc Luisada – Piano

CD 6

Frederick Chopin – op. 50, No. 1 in G major_ Vivace
Frederick Chopin – op. 50, No. 2 in A flat major_ Allegretto
Frederick Chopin – op. 50, No. 3 in C sharp minor_ Moderato
Frederick Chopin – op. 56, No. 1 in B major_ Allegro non tanto
Frederick Chopin – op. 56, No. 2 in C major_ Vivace
Frederick Chopin – op. 56, No. 3 in C minor_ Moderato
Frederick Chopin – op. 59, No. 1 in A minor_ Moderato
Frederick Chopin – op. 59, No. 2 in A flat major_ Allegretto
Frederick Chopin – op. 59, No. 3 in F sharp minor_ Vivace
Frederick Chopin – op. 63, No. 1 in B major_ Vivace
Frederick Chopin – op. 63, No. 2 in F minor_ Lento
Frederick Chopin – op. 63, No. 3 in C sharp minor_ Allegretto
Frederick Chopin – op. posth. 67, No. 1 in G major_ Vivace
Frederick Chopin – op. posth. 67, No. 2 in G minor_ Cantabile
Frederick Chopin – op. posth. 67, No. 3 in C major_ Allegretto
Frederick Chopin – op. posth. 67, No. 4 in A minor_ Allegretto
Frederick Chopin – op. posth. 68, No. 1 in C major_ Vivace
Frederick Chopin – op. posth. 68, No. 2 in A minor_ Lento
Frederick Chopin – op. posth. 68 No. 3 in F major_ Allegro ma non troppo
Frederick Chopin – op. posth. 68, No. 4 in F minor_ Andantino
Jean-Marc Luisada – Piano

Frederick Chopin – A minor ‘à son ami Emile Gaillard’_ Allegretto
Frederick Chopin – A minor ‘notre temps’_ Allegretto
Frederick Chopin – B flat major
Frederick Chopin – G major
Frederick Chopin – A flat major op. posth
Frederick Chopin – C major op. posth
Frederick Chopin – B flat major op. posth
Frederick Chopin – D major op. posth

Lilya Zilberstein – Piano

CD 5 – Baixe aqui – download here
CD 6 – Baixe aqui – download here

FDPBach

0 comments / Add your comment below

  1. FDP, gostaria q vc fizesse uma comparação do nível desta integral comparando com a integral de Vladimir Ashkenazy tocando Chopin também postada aqui no Blog. eu ja a integral dele e gostaria de saber quais cds desta valem apena, quais superariam a gravação dele.

    1. vitor, sendo sincero contigo, conheço pouco a integral do Askenazy, se não me engano a postagem foi do Carlinus. Mas no geral, conhecendo o Ashkenazy como conheço, o considero um intérprete superior à alguns que aparecem na primeia ediçã desta coleção da DG. O meu colega PQP comentou dia destes que odeio o russo, mas expliquei que meu julgamento foi feito baseado um LP no qual ele tocava Beethoven, mas ressaltei que gosto muito dele tocando os russos, principalmente Rach e Tchaikovsky. E voltando ao LP com algumas sonatas de Beethoven, entre elas a Sonata ao Luar, ele deixou a desejar. E em Chopin, ele é muito bom. em dúvida alguma.
      Desconheço ops critérios da DG para selecionar as gravações que entram nestas integrais. Pode ser que existam critérios contratuais, sei lá. Uma curiosidade: na edição que tenho, o escolhido para os Noturnos foi o Baremboim, em excelente gravação. Mas em edição recente, a DG se atualizou. Nas Mazurkas, escolhido foi o Ashkenazy e nos noturnos, com Baremboim na edição anterior, a escolhida foi a Maria João Pires, além de ter também entrado a geração mais recente, como Rafal Blechacz e Yundi Li
      e nas valsas, temos novamente Ashkenazy.
      Enfim, pedindo licença para uma brincadeira, entre a coleção o Ashkenazy e da DG fico com o Rubinstein, que na verdade, nem é integral. Quando for possível, a trago aqui para o PQP.

    1. Que bom que estás gostando, José Márcio. COmo disse, a coleção alterna bons e maus momentos, mas creio que o que vem por aí vai agradá-lo ainda mais.

    1. Desculpé, Igor, é impossível repostar todos esses links. Sugiro procurares essa coleção em torrent, que foi onde consegui. Se eu for repostar todos os links que se apagaram nestes seis anos de blog não vou conseguir postar mais nada novo.

Deixe uma resposta