Morreremos felizes

Comentário que apareceu neste post. Nossa equipe de postadores compulsivos pode morrer feliz. Vamos ao Paraíso, onde teremos tantas virgens que até os muçulmanos nos invejarão.

Meu caro PQP

Fosse eu um ilustrado escritor e teria forma de expressar toda a gratidão e reconhecimento pelo seu trabalho em prol, não só da cultura musical de todos nós, mas também do meu melómano prazer, mania até!

Sendo apenas um “irmão” de pátria-lingua deixo aqui o meu esforçado testemunho de tudo o que referi.

Aqui em Angola, infelizmente, ainda não chegou a vez da Cultura, a cultura (de semear) as mentes e as Almas. Ainda estamos no materialismo básico da escola, do hospital, da estrada, do matar a fome, do tirar da miséria. O materialismo impulsivo da compra ainda nao está disponivel (Bem Haja!). Por isso fica minha consciencia aliviada por me ter tornado, com sua preciosa colaboração, num pirata culto-cibernético…

No entanto, sempre que posso e me encontro em frente aquelas deslumbrantes estantes dos livros e dos CD’s do chamado Mundo Desenvolvido – uma das ultimas a magnifica “biblioteca de Alexandria” da Leitura em São Paulo – babo-me de deleite e prazer e contribuo para os criadores comprando livros e cd’s.

Meu caro Amigo – Amigo, pois faz muito mais por mim do que muitos dos que se intitulam “amigos” – no que de mim depender terá o seu lugar assegurado no Nirvana, no Paraíso ou em qualquer outro Refugio Final que for do seu agrado ou conveniência. Serei sua testemunha abonatória… E mais não lhe consigo dizer.

Alexandre Sines Fernandes

PQP

14 comments / Add your comment below

  1. Caríssimo PQP,
    Testemunhos abonatórios (taí, gostei da expressão!) certamente não te faltarão. Nem agradecimentos por teu trabalho a favor de nossas almas e ouvidos sedentos de boa música. Pode já contabilizar os meus testemunho e obrigados. Abraços!

  2. Havia lido esse comentário há alguns dias atrás, PQP! Confesso que no dia que li cheguei até a me emocionar. São palavras bonitas de quem está grato por ter sido presenteado pela beleza.

    Amplexos musicais a todos nós!

  3. São brisas como essas que alimenta o combustivel de continuar pala estrada diante de tantos comentarios sem nexos e passagens de piadinhas de alguns insensiveis. Mais lenha na fornalha do mestre e amigo PQP. SAUDAÇÕES E FIQUEM NA PAZ.

  4. Meu sonho, depois de tantos depoimentos assim, passou a ser esse:

    Prêmio Nobel da Paz 2030 – PQP Bach e seu blog.

    Pela democratização do acesso online a gravações raras de música clássica (incluindo eventuais contribuiçoes em música popular) e pela contribuição no processo de pacificação da humanidade através da disseminação dos meios de desenvolvimento da sensibilidade estética musical, em contraposição às restrições e desserviços impostos pelas grandes corporações da indústria fonográfica…

    ***

    Como o blog teria direito a metade do prêmio, eu ganharia um sexto desse meio quinhão: já garantiria minha aposentadoria.

  5. E obrigada também pela paciência de escrever sobre as obras e sobre os compositores. É ótimo ler os textos de vocês com as músicas que acabamos de baixar acompanhando.
    Obrigada pelo trabalhão e pela música.

  6. Caro PQP Bach,
    Acho que o Nobel poderia chegar antes! É merecedíssimo e vou usar meus contatos com a Academia Sueca de Ciências para que saia até 2020. Claro que 1/6 devem ir diretamente pro meu bolso!
    Parabéns pelo blog e pelo quixotesco trabalho de manter viva a chama da música erudita, em um mundo que cultua Dado Dolabela e Banda Calipso. Quando tiver tempo, dá uma passada prá conhecer o jazz + bossa, ok?
    O endereço é:

    http://www.ericocordeiro.blogspot.com

    Ah! Você certamente conhece o Jacques Loussier, que tem alguns ótimos discos interpretando Bach com uma pegada jazzística de peimeira. Acho que vou postar algo sobre esse grande pianista futuramente, em homenagem ao seu blog!
    Abração!

  7. Uns anos atrás, não conhecendo vocês, os filhos de Bach, eu baixava músicas de um site russo. Quase todos os intérpretes eram russos (inclusive o Lubimov, recém postado por vcs). Tudo de graça, tudo muito bom, apesar do som às vezes ruim, e tinha midis também. Quase toda a obra de papai (é, pq eu fui adotada por ele, Shosta, muito Prokofiev, Scriabin, etc, Mas a proeza de Gorbachev acabou tendo o seu preço: mudou a administração do site e eles acharam que de graça nem injeção na testa e passaram a cobrar, e bastante, como qq site de gravadora. Aí achei vocês…

  8. PQP!
    Aproveitando a onda, quero deixar o meu tributo ao PQP,FDP e outros Ps que maravilhosamente mantém este site.
    Muita música conheci a partir destes links e muitas horas tenho passado a ouvir essas maravilhas da criação musical da humanidade.
    Muchas gracias muchachos !

  9. Ave Avicenna!
    A leitura da mensagem do nosso irmão Angolano me emocionou.
    Conte comigo como sua testemunha abonatória também!
    E que venha o Prêmio Nobel, sem cobrança de propina. rsrsrsrs
    Obrigado, mais uma vez, pelo seu trabalho na web.
    Abraços
    Humberto

  10. Prezado Humberto,
    Se você for realmente eficaz como minha Testemunha Abonatória, farei questão de compartilhar consigo as virgens que me esperam nos Tempos Finais … hum, hum, pensando bem, compartilharei consigo somente as vinte primeiras!

Deixe uma resposta