Vocês são muitos, mas precisamos de todos

E faltam uns 14 minutos para acabar o mês…

Últimos 20 Meses Visitantes Únicos
Jan 29346
Feb 28053
Mar 34859
Apr 39065
May 45107
Jun 40436
Jul 44249
Aug 49263
Sep 54691
Oct 59441
Nov 57762
Dec 50922
Jan 53558
Feb 49367
Mar 59385
Apr 59532
May 66526
Jun 63060
Jul 63506
Aug 68185

PQP

31 comments / Add your comment below

  1. Ontem mostrei este blog para minha professora de canto do coral. Hoje ela concordou comigo, é o melhor. Aliás, este blog é gaúcho neh?

  2. Comecei a gostar de música clássica ao ter que escolher algumas para meu casamento desde então tenho procurado por sugestões pela internet. Vocês têm alguma idéia de discos essenciais para um iniciante amante da música erudita? Se estiverem no PQP Bach melhor ainda.

  3. Quem vai brindar os 68.185 visitantes únicos com um “Desafio”, em que os 3 primeiros visitantes que acertarem a resposta do desafio ganham um prêmio?

  4. Caro PQP, muito obrigado pela oportunidade de conhecer a “grande música” mais a fundo, e pela possibilidade de adquirir os álbuns. Não posso reclamar do que quer que seja, só agradecer pelo privilégio de entrar em contato com esse inestimável tesouro. Mais uma vez, muito obrigado. Abraço

  5. Olha, o primeiro eu não conhecia, mas vou perguntar aos mais velhos a respeito dele, já que gosto de saber a história de “Per Ardua Surrexi”. O segundo eu já vi por aí.
    Deixando de lado a piada, é muito bom saber que tem um conterrâneo neste time de primeira na divulgação da música clássica em todas as suas vertentes, e a sua especialidade, a música colonial, tem-me trazido muitas surpresas. Ontem estava olhando para os meus 60 CDs de música clássica… eles são pouca coisa em comparação com o que tenho baixado daqui.
    Mas me responda, caro conterrâneo, você passou pelo conservatório também?
    Abraço.

    1. Adriano,
      Maurício Loureiro Gama foi o primeiro locutor brasileiro a apresentar um telejornal no Brasil. Quando morreu, Paulo Bonfim escreveu:
      “Volta ao chão da infância o menino que se deslumbrava com os livros de Paulo Setúbal.
      Regressa à Tatuí ancestral o adolescente fascinado com a oratória de Ibrahim Nobre e a poesia de Guilherme de Almeida. Ah! Os idos de 32, quando a epopéia fazia de cada lar uma trincheira!
      Volta à redação dos Diários o moço enamorado da notícia, o garimpeiro de fatos, o condutor da opinião pública, o lidador do bom combate.
      Regressa aos estúdios da Televisão Tupi o comentarista que trazia a paz em seus cabelos brancos e o entusiasmo nos comentários lúcidos e corajosos.
      Uma edição extraterrestre anuncia em caixa-alta de nuvens:
      “Atenção, atenção! Acaba de chegar ao céu o jornalista Maurício Loureiro Gama”. E ponto final.”

      O Maurício é um orgulho para Tathuy! (Era assim que se escrevia)

      Não, meu amigo, não passei pelo CDMCC, quando nascí ele não existia, mas pintei muito meus pés de “vermeio” nas terras da Av. das Mangueiras, onde no final tinha o cemitério e no início uma serraria (anos 50). Ví aquele pinheiro ainda inteiro na praça e assistí muitos seriados americanos aos sábados no Cine … putz me falta o nome … Cine Santa Cruz?
      E viva o estádio de futebol nos Altos de Santa Cruz!!!!!!

      Um grande abraço!!!

      1. Olá Caro Conterrâneo!
        Belas palavras acerca de Maurício Loureiro Gama, mais uma demonstração do seu bom gosto! E leitor de Paulo Setúbal. Eu li um livro dele, Confiteor. É pena que hoje muitos conterrâneos não saibam quem foi o pai do seu Olavo, há pouco falecido.
        Bem, quanto à citada avenida, “Av. Padre João Clímaco”, outrora na periferia, hoje ela está praticamente no centro da cidade, e terra vermelha é o que menos tem lá. Até o boqueirão está encolhendo, e “Per Ardua”, cidade ternura, do exemplo de caridade de Chico Pereira, do verde esmeralda das melancias, do calhambeque do Dr. Gualter Nunes, se esparrama para todos os lados. A cidade que você conheceu vai, aos poucos, desaparecendo, com seus prédios antigos (a casa da minha avó, na rua Prudente, foi há pouco), sob os prédios da cidade nova, para ressurgir na saudade daqueles que a conheceram…
        Até a próxima postagem caro Avicenna!
        P.S.: o cine ao qual você se refere, se não me engano, é o Cine São José.

  6. George Lucas deve ter se inspirado em Tatui pra criar Tatooine, planeta dos Skywalker… Desculpe pessoal, não resisti falar essa besteira. KkkkkKkkkkkKkkkkKkkkKkk

  7. Esse Blog pode ser gaúcho, paulista, pernambucano,ou cearense, não importa o estado que seja, o importante que é o melhor blog que já conheci. Parabéns!

Deixe uma resposta