Antonin Dvorák (1841-1904) – The Symphonies – Sinfonias nº 5 e 6

Santa falta de tempo, Batman.. é brincadeira a correria em que anda a minha vida.. acho que antes, quando estava dando 40 horas/aula por semana numa escola a 40 quilômetros de minha casa, eu tinha mais tempo disponível que agora, trabalhando as mesmas 40 horas por semana, tudo bem, mas a menos de 6 quilômetros de casa. Não consigo entender.

Mas enfim, estou tazendo mais duas sinfonias de Dvorák, de nº 5 e de nº 6, apesar do baixo número de downloads. Para os senhores terem uma idéia, os cds da Viktoria Mullova que postei tocando Bach já passaram dos 300 downloads, enquanto que estas sinfonias de Dvorak nem chegaram a 100 downloads. É uma pena. MInha próxima empreitada seriam os quartetos de corda, mas vou dar um tempo com este compositor. A propósito, agradeço os comentários elogiando as postagens, e o incentivo para continuar o trabalho.

Symphony No. 5 in F major, op. 76

01-Symphony No. 5 in F major, op. 76 – I. Allegro ma non troppo

02-Symphony No. 5 in F major, op. 76 – II. Andante con moto

03-Symphony No. 5 in F major, op. 76 – III. Scherzo_ Allegro scherzando

04-Symphony No. 5 in F major, op. 76 – IV. Finale_ Allegro molto

Symphony No. 6 in D major, op. 60

01-Symphony No. 6 in D major, op. 60 – I. Allegro non tanto

02-Symphony No. 6 in D major, op. 60 – II. Adagio

03-Symphony No. 6 in D major, op. 60 – III. Scherzo (Furiant)_ Presto

04-Symphony No. 6 in D major, op. 60 – IV. Finale_ Allegro con spirito

London Symphony Orchestra

István Kertész – Conductor

SINFONIA Nº 5 – BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE

SINFONIA Nº 6 – BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE

FDP Bach

14 comments / Add your comment below

  1. Ótima postagem!
    Acho Dvorak estupidamente bom. E o Kertész é um bom regente – conheci um cara que dizia que ele conseguia pôr uma “páprica” húngara nas músicas que ninguém fazia igual.

    Valeu! E não desanime!

  2. Caríssimo,

    Sempre me interessei pela música de Dvorak. Sempre a tive como uma música quente, sonoramente quente e encorpada. Conhecia muito pouco da música sinfónica dele, mas conheço, um pouco mais, sua música de câmara. E são maravilhosos. So dar uma olhada no “Americano” pra constatar isso. É música da melhor qualidade. Ainda que tão poucos o apreciem. A regência de Kertész, para boa parte da crítica, é a melhor nessas obras.
    Fiquei e continuo entusiasmado FDP. Adoraria que você, após, também postasse a integral dos quartetos. Tenho o “Americano” com o Emerson.

    Grato e parabéns pelas belíssiimas postagens.

    Ps: fico no aguardo de mais beleza.

  3. Santa misericórdia BATMAN! Não pare com Dvorak agora, ou nos alegre com um bom Fritz Kreisler e seu Tambourin Chinois, Capricce Viennois e muitas outras maravilhas do violino deste compositor magnífico. Ando esperando super a brecha para pedir Kreisler, e estas magníficas (afinal é Dvorak) sinfonias fazem implorar por Kreisler também.

    Aceite estes sinceros pedidos e elogios de um estudante que mal para em casa, fazendo do lar a segunda moradia depois da faculdade. Tenha certeza que em todas as brechas que tenho faço dos que estão próximos a mim ouvirem as maravilhosas postagens deste blog. Já indiquei e reindiquei muitas vezes este endereço de local eletrônico e não canso de indicar. Por favor, de todo coração, continue com estas maravilhosas postagens de compositores deste nível estupendo que é Dvorak.

  4. Caro FDP,
    aqui vai mais uma mensagem de apoio. Fã incondicional de Brahms que sou, não poderia deixar de vir aqui elogiar sua integral das sinfonias de Dvorak. Não ligue para o baixo número de downloads. Podem ser poucos, mas lhe asseguro que são os melhores.
    Aguardo ansioso a postagem dos quartetos.
    Um abraço,
    GS.

  5. Adoroo Dvorak!
    Muito obrigada por sempre atualizar ! Tem montes de compositores que eu desconheço e vou baixar pra conhecer! (Confrey, Copland, Kilar??) XD
    Gostaria de fazer um pedido ( se não for abusar!)Ouvi em um concerto no Centro de cultura judaica, a ORQUESTRA DE CÂMARA VIRTUOSI DI PRAGA, eles tocaram as Danças Romenas de Béla Bartók:
    Bot tanc – Jocul cu bata
    Braul
    Topogo – Pe loc
    Bucsumi tanc – Buciumeana
    Roman polka – Poarga romaneasca
    Aprozo – Maruntel

    Era muiito divertido e empolgante! dava vontade de sair dançando! um dos violinistas batia o pé hauhaua
    por favor quando puder up!
    obrigada

    1. Hehehehe… Isso me lembra que, na Hebraica, eu vi uma orquestra de câmara (não me lembro o nome agora) cujo 1º violino estava claramente POSSUÍDO pelo Demônio; ou, pior ainda, pelo Paganini.

      E repare que o Emmanuele Baldini, da Osesp, também vive batendo o pé… 🙂

  6. Linda a 5ª sinfonia, to curtindo cada momento de todas. Apesar de q ate agora na minha opiniao nenhuma supera a 9ª 😉 lembro q ouvi ela, a 9ª, no 1ª concerto de musica sinfonica q eu fui na minha vida aqui em Florianópolis executada pela Orquestra Experimental de Repertorio e aqueles acordes dos metais do ultimo movimento nao sairam mais da minha memoria, anos depois ouvi ela excutada de modo irretocavel pela Orquestra Sinfonica de Santa Catarina, uma das maiores emoçoes da minha vida
    aguardo o resto das sinfonias.

  7. Sou novato em Dvorak e estou pasmado com a beleza da sexta sinfonia. Li não sei onde que ela é comparada à segunda de Brahms. Os dois eram amigos e tinha admiração mútua. A propósito, li por aí que PQP não gosta de Dvorak… Confere, Herr PQP?

  8. Não, não… não pare com as postagens de Dvorak!!! Podem ser poucas pessoas downloadando, mas são poucas pessoas que podem dizer que tiveram aumentada sua parcela vital de felicidade.

    Lembro-me até hoje de uma aula de história contemporânea que tive na faculdade, onde meu professor descreveu tão apaixonadamente a 9ª de Dvorak que corri para casa para ouvi-lo (eu tinha, mas nunca tinha tirado para ouvir atentamente)…

  9. Os quartetos de cordas de Dvorak vão aumentar muito nossa parcela vital de felicidade! E eu já vasculhei a web atrás desses quartetos e nada. É um material realmente precioso.

  10. Olha, não sou muito fazão do Dvorák, mas depois das suas sinfonias acho que aceitaria entrar na empreitada dos quartetos, ele me surpreendeu em diversas passagens. Dele só conheço dois quartetos(nem lembro quais são, mas são os dois mais famosos, o da América e um outro). As vezes tentar transpassar preconceitos é frutífero, e seu auxilio foi de grande valia nesse sentido, caro FDP. Congratulações pela iniciativa.

  11. Caro FDP,

    agradeço muitíssimo pelas postagens das sinfônias de Dvorák. Só conhecia a 9ª de toda a obra deste mestre, e estava encantado. Imagine agora?
    Concordo com o Grande Sertão; afinal, cultura é para poucos, infelizmente.
    Ou será melhor postar “bonde do tigrão” e outras “pérolas” de nossa atual MPB?
    Esquece tamanha besteira que acabo de dizer.

    No mais, muito obrigado novamente, e abraço fraterno.

  12. Grande amigo da verdadeira música universal, ´só tenho de agradecer as postagens de Dvorak, um sensacional compositor que já aprecio desde os 12 anos de idade…
    Parabéns e continue com as obras deste grande e inspirado compositor.
    Abraços

Deixe uma resposta