Ludwig van Beethoven (1770-1827) – Sonatas Opp. 54, 57 “Appassionata”, 78 e 90

Eu não vou nem começar. Recebi o CD da Amazon na sexta-feira. Ouvi à noite. Pensei uma série de coisas. Depois, li a avaliação dos compradores na Amazon: 11 avaliações, todas elas dando 5 estrelas, ou seja, a nota máxima. Li algumas críticas avulsas. Todas altamente laudatórias. Pensei na pujança de nossa Fundação para Divulgação, Louvor, Discussão e Defesa da Obra e da Visão de Maurizio Pollini sobre a Obra de Compositores Clássicos e Românticos, Tão Hostilizada por Admiradores de Pianistas Mortos e… Dormi como um justo, na certeza de que faria a Alegria de minha co-gestora, co-fundadora e co-lega Lais Vogel, que já deve ter clicado pressurosamente no BAIXE AQUI antes mesmo de ler esta bobagem altamente sincera. O homem é o campeão!

Ao vencido, ódio ou compaixão; ao vencedor, as batatas.

Beethoven – Sonatas Opp. 54, 57 “Appassionata”, 78 e 90

1. Piano Sonata No.22 in F, Op.54 – 1. In Tempo d’un Menuetto 5:06
2. Piano Sonata No.22 in F, Op.54 – 2. Allegretto 5:31

3. Piano Sonata No.23 in F minor, Op.57 -“Appassionata” – 1. Allegro assai 9:21
4. Piano Sonata No.23 in F minor, Op.57 -“Appassionata” – 2. Andante con moto 5:59
5. Piano Sonata No.23 in F minor, Op.57 -“Appassionata” – 3. Allegro ma non troppo 8:01

6. Piano Sonata No.24 in F sharp, Op.78 “For Therese” – 1. Adagio cantabile – Allegro ma non troppo 7:03
7. Piano Sonata No.24 in F sharp, Op.78 “For Therese” – 2. Allegro vivace 2:52

8. Piano Sonata No.27 in E minor, Op.90 – 1. Mit Lebhaftigkeit und durchaus mit Empfindung und Ausdruck 5:23
9. Piano Sonata No.27 in E minor, Op.90 – 2. Nicht zu geschwind und sehr singbar vorgetragen 7:21

Maurizio Pollini, piano

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE

PQP

11 comments / Add your comment below

  1. que gravação espetacular digna de um genio como pollini
    aproveito pra fazer um pedido ,,se voces puderem postar a sonata “wadstein” com o pollini,eu ficarei muito grato
    obs;esse blog esta ficando cada vez melhor,,continuem assim
    abraços

  2. Mas esta edição não são 2 CDs? sendo que o 2º CD tem as Sonatas Op.57 e 78 mas numa versão “ao vivo” ?

    Se for, era interessante pôr aqui também o 2ºCD.

    Obrigado
    Pianoman

  3. PQP! Sua amiga apenas entrou agora. Neste domingo não houve outra oportunidade senão no término da noite. Afianço-lhe que adentrarei pela madrugada curtindo essa “apassionata”. Que curiosidade… Tenho certeza que Pollini não me decepcionará! E… mais uma vez a minha dívida de gratidão a você!

  4. PQP!

    Acabo de ouvir o CD, especialmente a apassionata, e você basicamente suscitou em mim a aspiração de adquirir esse CD, quando a minha situação de assalariada do estado melhorar (risos)! Que perfeição a op. 57! Como dizer que polllini é cerebral ou frio depois da interpretação dessa apassionata!

  5. PQP!

    Acabo de ouvir o CD, especialmente a apassionata, e você basicamente suscitou em mim a aspiração de adquirir esse CD, quando a minha situação de assalariada do estado melhorar (risos)! Que perfeição a op. 57! Como dizer que polllini é cerebral ou frio depois da interpretação dessa apassionata?

  6. Pollini = Deus do Piano.
    Que tal uma comparação? Quem interpretou melhor os 2 concertos para piano e orquestra de Brahms? Mauricio Pollini ou Nelson Freire??
    Aquela gravação com Karl Böhm não conta (muito fraquinha). Postem aquelas mais recentes com Abbado à frente da Chicago S.O.(essas sim, fodonas!!).

  7. Que coisa linda!!!
    Olá pessoal!!
    É muita coisa genial para ser baixada e contemplada em tão pouco tempo.
    Como encontrar tempo disponível para tanto?
    Aliás, como é que esses “geniais seres de outros mundos” encontraram tempo para fazerem tanto…?

    Não compreendo como alguém pode não gostar de Schumann. (Schumann, apesar da diferença de “idade vivencial” tornar isto impossível, deveria ter se casado com a Camile Claudel)
    -desculpe Clara mas teria sido melhor para ambos, para ambas, para os três ou, dizem as más linguas por ai: para os quatro ou cinco se contarmos com aquele mau caráter d”O Pensador”- (Há coisas assim, meio estranhas. Não consigo me deligar de Dostoievsky quando ouço Rachmaninov… …mas…
    …mas… …quem disse que não somos todos meio estranhos?)
    Agradecimentos fervorosos por todas essas postagens magníficas. Quer dizer… …espero que os intérpretes estejam ligados… …mas garanto que estão, pois, vocês não iriam perder tanto tempo se não fossem ótimos…
    Imaginem! Até me interessei em ouvir o que o Pollini vai fazer além de ser um excelente pianista…
    Imaginem, também… …apenas os Mahler vão nos cosumir semanas.
    Mas… …é fantástico…
    Obrigado mesmo. Muito obrigado.
    E… um abração.
    Edson

Deixe uma resposta