2 comments / Add your comment below

  1. Caro PQP Bach,
    Desde que cheguei à Alemanha, em março de 2008, tenho produzido alguns documentários sobre a topologia cultural teuta. São uns filmes estilo vinho de garrafão, com cheiro de faca sem fio, onde faço tudo (pesquisa, produção, fotografia, roteiro, narração, montagem, edição e distribuição – que cacaca!). Eles estão em http://moviolafm.blogspot.com – o próximo a subir será “Dresden, glória, morte e ressurreição”, animado pela belíssima música dresdneriana, a começar com Falsch e por aí vamos. Escrevo-lhe para pedir uma ajuda, se possível. A minha próxima vítima será o seu pai. Eu quero visitar as cidades em que ele viveu, documentá-las e produzir um filme sobre “As cidades de Bach”, contextualizando paisagem, vida e obra. Você tem como me ajudar com informações biográficas sincronizando cidade/período/obra? Estou em fase inicial de pesquisa e isto ficará pronto ao final de novembro. Desde já grato, deixo-te um abraço sinfônico, de seu devotado fã e servo, FM

    1. Caro Francisco,
      gostaria de saber como foi documentar as “Cidades de Bach” e se você pode disponibilizar algum material pra eu ver e conhecer um pouco mais sobre a obra de Bach.
      Ano que vem, 2010, quero visitar essas cidades e, com sua ajuda, eu poderia encurtar alguns caminhos.
      Obrigado,
      Aloisio

Deixe uma resposta