Heinrich Ignaz Franz Biber (1644-1704)- Rosenkranz-Sonaten

Uma obra-prima, um disco estupendo do Musica Antiqua Köln. Biber nasceu em Wartenberg (hoje uma cidade chamada Straz pod Ralskem na Republica Checa).

Além de ser um compositor notável foi também um virtuoso do Violino. Em 1684 tornou-se mestre de capela em Salzburgo onde acabou por falecer 20 anos depois. Sua obra ganhou recentemente alguma popularidade pela originalidade do conjunto de 16 sonatas chamadas The Mystery Sonatas ou Rosenkranz-Sonaten que têm a particularidade de cada uma delas exigir uma afinação do violino diversa da usual. Uma outra peça de referência pela sua grandiosidade é a Missa Salisburgensis (escrita par 53 partes independentes de vozes e instrumentos). É alias uma parte desta missa que escolhemos para ilustrar o trabalho deste compositor composta em 1682.

Informações retiradas daqui.

Quem gosta e quem detesta música barroca deve baixar este CD extraordinário.

Biber – Rosenkranz-Sonaten

1. I. The Annuciation
2. II. The Visitation
3. III. The Nativity
4. IV. The Presentation
5. V. The Finding in the Temple
6. VI. The Agony in the Garden
7. VII. The Scourging of Jesus
8. VIII. The Crowing of Jesus with Thorns
9. IX. Jesus carries His Cross
10. X. The Crucifixion
11. XI. The Resurrection
12. XII. The Ascension
13. XIII. The Descent of the Holy Ghost
14. XIV. The Assumption of our Lady
15. XV. The Crowning of the Blessed Virgin Mary
16. Passacaglia

Musica Antiqua Köln:
Reinhard Goebel – violin
Phoebe Carrai – Violoncello
Konrad Junghanel – Lute
Andreas Spering – Harpsichord & Organ.

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE

12 comments / Add your comment below

  1. PQP, não sei se esse layout que eu estou vendo agora é o definitivo, mas caso seja, não acha que seria melhor manter os posts do lado esquerdo da tela?

    (Provavelmente você vai responder não, afinal foi quem fez o novo layout hehe, mas perguntar não ofende).

    Pelo menos eu achei estranho.

  2. Ah, que maravilha! Ótimo que os compositores barrocos tenham voltado. Estava insuportável essa sensação de que o barulho dos engarrafamentos continuavam quando eu ligava o computador e acessava este blog.

  3. Ah, até que enfim! Já achava que os manos Bach não gostavam de Biber. Mas vejo, felizmente, que estava enganado. Aguardo, ansiosamente, por novas postagens de obras desse desconhecido e fabuloso compositor, assim como mais informações a respeito da sua obra. Obrigado.

  4. PQP,
    o layut está horrível. Se diminuir o tamanho da janela a diagramação fica acavalada com propaganda do mercado livre em cima dos posts e por aí vai com a legibilidade prejudicaca. Se possível, use o layout anterior!
    Luciano

  5. Biber estreiando no blog! Esperamos agora as violinos sonatas com Andrew Manze,Nigel North e Toll( violino,alaude e tiorba , cravo e orgão respectivamente) além do Harmonia Artificiosa e a Mensa Sonora com o mesmo Goebels.

  6. pqpbach, finalmente algo de BIBER aqui! e não era sem tempo, ele é estupendo, pena que é muito difícil encontrar material sobre esse grande compositor. Música barroca de excelentíssima qualidade. Grato.

  7. PqpBach, já faz um bom tempo que isso foi postado, eu não sabia…fico feliz em ver que publicou sobre o Franz Biber, esse é um que não podemos deixar de mencionar…
    gostaria de ver aqui também suas obras Mensa Sonora, as Batallias e Harmonia Artificiosa-ariosa.

Deixe uma resposta