Arcangelo Corelli (1653-1713) – Sonatas para Violino Op.5 (completas)

S2669368O mais importante opus de Corelli recebe aqui tratamento de luxo nesta gravação de 1972, diversas vezes reeditada pela Archiv. Um pouco mais nervosa que os registros mais modernos, Melkus dá uma demonstração de competência e virtuosismo ao lado da Capella Academica de Viena, um dos conjuntos precursores da música com instrumentos “autênticos” (de época). No meu vinil, está escrita a data em que o comprei pela primeira vez: 10/10/1979. Desde então os sons do Grave-Allegro da Sonata Nro. 1 que abre o CD1 e o Adagio inicial da Sonata Nro. 3 passaram a fazer, de certa forma, parte de mim. Um CD imperdível. Atenção para a Follia final.

Arcangelo Corelli – 12 Violin Sonatas Op. 5

CD1:
1-5 Sonata I in D major
6-10 Sonata II in B flat major
11-15 Sonata III in C major
16-20 Sonata IV in D minor
21-25 Sonata V in E minor
26-30 Sonata VI in A Major

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE

CD2:
1-4 Sonata VII in F major
5-8 Sonata VIII in G minor
9-12 Sonata IX in A major
13-17 Sonata X in F Major
18-22 Sonata XI in E Major
23 Sonata XII in D minor (“Follia”)

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE

Capella Academica Wien

Eduard Melkus (violin)
Huguette Dreyfus (harpsichord, organ)
Garo Atmagayan (violoncello)
Karl Scheit (lute)

13 comments / Add your comment below

    1. Para responder preciso primeiro esclarecer o que é “contínuo” ou “baixo contínuo” (se vc ainda não sabe): é o conjunto da “linha de baixo” (os graves que dão fundamento à harmonia) com um “enchimento harmônico” que podia já vir escrito, podia ser indicado por números e improvisado na hora (baixo cifrado). Esse conjunto pode ser tocado num instrumento sozinho, desde que capaz de produzir acordes (cravo, órgão, alaúde etc.), ou num desses instrumentos com a linha do baixo reforçada por um violoncelo, viola da gamba ou outro instrumento melódico grave. E aí, não importa se é tocado por um, dois ou até mais instrumentos, a parte do contínuo conta como se fosse um instrumento só.

      As trio-sonatas barrocas são para dois instrumentos solistas mais contínuo. Quer dizer: geralmente são 4 instrumentos que tocam o trio 😀 , por exemplo uma flauta, um violino e cravo+violoncelo tocando o “contínuo”.

      Neste caso temos só um instrumento solista e o contínuo, ou seja: duas partes, para o critério barroco, mesmo que os músicos sejam três. E portanto NÃO são as famosas trio-sonatas!

  1. Olá P.Q.P.,

    O link para o cd do Corelli está quebrado,
    é possível uma repostagem?

    Desde já, obrigado;
    e parabéns pelo site,
    és um verdadeiro arauto da cultura.

  2. Caro P.Q.P.
    Consegui fazer o download através do PirateBay: “Arcangelo Corelli – 12 Violin Sonatas Op. 5 LP RIP!!”
    Simplesmente maravilhoso.

    Muito obrigado pelos link´s do “Concerti_Grossi_Op6”

    Bem haja

    Black Cat 🙂

  3. O link das sonatas para violino e concerto grosso estão quebrados. se for possível fazer uma repostagem agradeço desde já. Blog pefeito os mais conceituados e renomados compositores. Com álbuns supreendentes verdadeiras obras primas em forma de som deslumbrantes divinos.

Deixe uma resposta