Nikolai Andreyevich Rimsky-Korsakov (1844-1908) – Sherazade e Capricho Espanhol

Grande compositor e notável orquestrador, Rimsky-Korsakov foi o principal membro do Grupo dos Cinco (os outros eram Mily Balakirev, Aleksandr Borodin, Césa Cui e Modest Mussorgsky), que buscava a produção de música autenticamente russa. Ele possuía uma certa queda por utilizar temas de contos de fada e isto, aliada a sua habilidade orquestral, nos deu obras de peculiar colorido sonoro. Gosto demais das obras deste CD. Fico devendo A Grande Páscoa Russa.

P.Q.P. Bach.

Scheherazade, symphonic suite for orchestra, Op. 35
Composed by Nikolay Andreyevich Rimsky-Korsakov

1. Scheherezade – Symphonic Suite, Op.35: The Sea and Sinbad’s Ship
2. Scheherezade – Symphonic Suite, Op.35: The Story of the Kalandar Prince
3. Scheherezade – Symphonic Suite, Op.35: The Young Prince and Princess
4. Scheherezade – Symphonic Suite, Op.35: The Festival of Bagdad – The Sea – The Ship goes to pieces on a rock summounted by a bronze warrior

Capriccio espagñol (Kaprichchio na ispankskiye temï), for orchestra, Op. 34
Composed by Nikolay Andreyevich Rimsky-Korsakov

5. Capriccio espagnol, Op. 34: Alborada
6. Capriccio espagnol, Op. 34: Variazioni
7. Capriccio espagnol, Op. 34: Alborada
8. Capriccio Espagnol, Op. 34: Scena e canto gitano
9. Capriccio Espagnol, Op. 34: Fandango asturiano

Performed by Royal Philharmonic Orchestra
Conducted by Barry Wordsworth

BAIXE AQUI – DOWNLOAD

7 comments / Add your comment below

  1. Repito com o Sander: Valeu, PQP, estou tão mais rica. Muitas peças eu tenho em CD, mas poucas vezes houve a coincidência de serem sob o mesmo comando. Embevecida com o programa, embora atrasada nas gravações. Com os downloads, estou sempre em dia.Abraços a você e colaboradores.

  2. PQP,vocês são realmente os melhores. Os apreciadores do blog somos abençoados. Grande trabalho! Grande trabalho de toda a equipe.Volto a elogiar a produtividade e a qualidade das obras postadas.Espero a nº8 de Mahler com grande ansiosidade…Saudações,Ranieri Carli.

  3. Ouvi muitos anos atrás na Rádio Cultura (SP) uma transcrição maravilhosa de Scheherazade para dois violões. Já revirei todos os cantos da internet buscando pelo menos uma referência dessa gravação, mas não encontrei nada. Será que você não tem ela por aí?Valeu!Abraço!

Deixe uma resposta