Nota do Editor (curtinha)

O crescimento da visitação a nosso blog é algo importante para nós, porém o mais notável é o grau de informação de quem vem aqui. São pessoas que sabem o que desejam ouvir. Analisando o número de downloads de cada arquivo, só podemos concluir que não estamos tratando com leigos… Há arquivos que são baixados cinco vezes mais do que outros e os mais ouvidos são sempre aqueles que poderíamos colocar nas abaláveis posições de “indiscutíveis” e “polêmicos”.

Quando fundei o P.Q.P. pensei em postar sem estresse aquilo que estava ouvindo no momento, sem obedecer a critérios ou a sistematizações, sempre escrevendo posts que não me custassem mais do que 15 minutos de trabalho. Foi isto o que propus a F.D.P Bach e a Clara Schumann quando os convidei.

Não vou mudar nada, mas, pessoalmente, tratarei de usar alguns posts para colocar compositores que foram inadvertidamente ignorados por nós. Há outros, mas refiro-me principalmente a Beethoven. Vou terminar a postagem das Cantatas Profanas de Bach e dos Concertos para Piano de Mozart e depois entrarei nas últimas sonatas para piano – do Op. 101 em diante – e nos últimos quartetos – a partir do Razumovsky, OK? (se alguém quiser também o Op. 18, peça!). Também virá uma integral das Bachianas Brasileiras de Villa-Lobos.

Isto não muda em absoluto o plano inicial, mas traz um pouco mais de música fundamental para cá.

E chega de conversa.

P.Q.P. Bach

13 comments / Add your comment below

  1. Caro PQP Bach,Pessoalmente prefiro o Barroco, não só os grandes, como seu pai, mas os mais raros e quase ignotos. Porém a facilidade que a WEB nos proporciona permite-me “arriscar” mais e ouvir – e gostar, eventualmente – outras sonoridades. Parabéns pelo trabalho.Douglas

  2. Ola meu amigo!Que bom que esse momento supracitado esta chegando! Nao sei se voce se recorda mas iniciei o mergulho por esse site justamente quando em dialogo a uns 4 meses voce se referiu as ultimas sonatas de Beethoven pelas maos de Pollini, que eu nao conheco. Desde ja surgiu meu interesse, gracas a evidente predilecao pelo mestre de bonn. Parabens pela decisao!

  3. P.Q.P., parentes e aderentes,O blog de vocês é o melhor!!! Não se preocupem com isso ou aquilo, pois o bom mesmo é BOA MÚSICA como a que vocês postam. Não párem nem se preocupem com as estatísticas. Querem um exemplo? Eu sou apaixonado pelo Barroco, pela Música Medieval e pelo Classicismo em geral (particularmente Haynd, Mozart e Beethoven). Mas descubrir e experimentar é O MELHOR, sobretudo porque enriquece o espírito e estimula o cérebro: tenho ouvido mais Romantismo já adorava Schubert, Brahms e Schumann) e, sobretudo graças a vocês, tenho aprendido a ouvir Música Contemporânea, também graças a vocês. Mais eu vivesse, mais música eu quereria!P.Q.P. Bach é O SITE que mais visito (diariamente)…Apaixonei-me por esse self-service musical! Música de qualidade a preço de banana!:-)Três vivas para os filhos esquecidos de Bach e para sua amiga Clara! VIVA! VIVA! VIVA!Seu criado,Jean-Philippe Rameau

  4. P.Q.P.,Na euforia de meu comentário, não verifiquei meus erros de digitação: descobrir, Haydn, (já adorava…), a repetição do “graças a vocês”. Mas o que me fez escrever de novo foi a expressão “a preço de banana”: nela só há elogio, não tem nada de pejorativo,ok?Continue a divulgar boa música e seu conhecimento!Seu criado de sempre,Rameau

  5. Olá, faz algum tempo que tenho frequentado este blog… me admiro pela sua disposição nao só em postar mas também em contextualizar muitos das postagens do blog. Mas gostaria de fazer um pedido: se possível para que voce disponibilize os arquivos em outro site, por exemplo megaupload e vários outros que realizam a mesma funçao…Desde já agradeço!

  6. Caro conterrâneo!!mesmo sem consequir baixar quase nada 🙁 seu bloq é muito bom!música boa. muito boa. Não acredito que hajam correções a serem feitas.Os três amigos estão de parabéns, meus sinceros agradecimentos!…se, por acaso eu pudese opinar, diria pra postar uma peça de Bizet: “Os pescadores de Pérolas”. acho que todos deviam ouvir a peça mais bonita, porem não famosa.grande abraço tricolor!F. Hertz

  7. Pela parte que lhe toca, FDP agradece os elogios, e espera poder continuar propiciando estes momentos de prazer para seus leitores / ouvintes. Infelizmente, devido às agruras da rotina diária, não tenho conseguido contribuir com maior assiduidade,porém lhes garanto que quando contribuo, seleciono com o maior carinho o material a ser postado. Como o acervo é grande, e se renova quase que diariamente, as escolhas de hoje acabam sendo substituidas por alguma coisa nova conseguida hoje. Mas não se preocupem…a boa música continuará a ter lugar cativo em nossos corações. O seu,FDP Bach

  8. Independente disto ou daquilo, continue o seu trabalho, aliás, uma belo trabalho. Se bem percebi, as críticas que se fizeram não condizem à proposta inicial do Blog. Oxalá, isso não venha lhe diminuir os esforços. Isto me lembra o Nietzsche: “quanto mais nos elevamos, menores parecemos, aos olhos daqueles que não sabem voar”.

  9. grande PQP Bach!!!!gostaria de pedir-lhe, a postagem da opera u principe igor de alexander borodin… e se possivel..algum material para violao erudito…continue sempre com esse trabalhoq para todos os amantes da boa musica eh um grande júbilo!!!obrigado!!!

  10. Prezados, Encontrei esse blog via o blogo do Milton Ribeiro, o qual tenho o hábito de acessar, principalmente pelo fato dele também comentar sobre música clássica. Infelizmente são poucos os blogs que tratam do tema. O de vocês está de parabéns, pelo alto nível dos “posts” e das obras escolhidas. Uma mera sugestão: focar também nos intérpretes e regentes. Para mim, por exemplo, o melhor regente, principalmente de Beethoven, foi o Gustav Wilhelm Furtwängler (tinha um nome quilométrico, mas o primeiro nome dele era Gustav, apesar de ser conhecido como Wilhelm…). Também pianistas, como o Glenn Gould, Michelangeli, entre outros. Enfim, uma sugestão. Contudo, parabéns novamente !Gustavo

Deixe uma resposta