Johann Sebastian Bach (1685-1750): Violin Concertos – Orchestral Suite Nº 3 – Chaconne from Partita No. 2

bach ibragimova KraemerIM-PER-DÍ-VEL !!!!

Como já fui acusado por “beneficiar” belas instrumentistas no PQP Bach, ou seja, como já fui chamado machista (idem para petralha e stalinista, tudo coisa de gente que não conhece minhas posições e independência), venho em minha defesa afirmar que antes ouvi o CD por duas vezes, apaixonei-me pela sonoridade da moça, fiz o upload do arquivo e apenas agora busquei sua imagem. O nome da violinista é Alina Ibragimova. Ela é linda, russa e reside na cidade da música: Londres.

O disco é uma maravilha, inicia com uma orquestra nervosa na Suíte (ou Abertura) Nº 3 para orquestra de Bach — a da maravilhosa ária, que nos chega aqui de forma aceleradinha e belíssima — , depois passa por dois concertos para violino de papai e finaliza deixando-nos a sós com a moça de 30 anos, recém completados. Entre nós dois, apenas a Chaconne, que é algo que não atrapalha nem impede nada. São utilizados instrumentos originais, nada de intermediários.

(suspiro)

Pasmem, Alina Ibragimova nasceu em 1985!
Pasmem, Alina Ibragimova nasceu em 1985!

Johann Sebastian Bach (1685 – 1750)
Orchestral Suite Nº 3 in D major BWV 1068
1) Ouverture [5:59]
2) Air [4:17]
3) Gavotte I – II [3:24]
4) Bourrée [1:07]
5) Gigue [2:41]
Violin Concerto No. 1 in A minor BWV 1041*
6) Allegro moderato [3:40]
7) Andante [5:06]
8. Allegro assai [3:26]
Violin Concerto No. 2 in E major BWV 1042*
9) Allegro [7:09]
10) Adagio [6:05]
11) Allegro assai [2:29]
12) Chaconne from Partita No. 2 in D minor BWV 1004* [14:37]

BBC Scottish Symphony Orchestra
Alina Ibragimova, violin *
Nicholas Kraemer, harpsichord / director

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE

Ei, Alina, não vai embora, fica aí com a gente!
Ei, Alina, não vai embora, fica aí com a gente!

PQP

11 comments / Add your comment below

  1. Ola, sou visitande do blog a alguns meses e queria ajudar(ao menos um pouco) no trabalho que vocês fazem, tenho alguns cds meus que queria compartilhar, caso estejam interessado é só mandar um e-mail

  2. Nah, tá perdoado da acusação de racista. Essa mulher é feia. Não que isso interfira na qualidade como música, vc que começou com esse assunto.

  3. oi! olha não gostei muito das interpretações dela… kkk Talvez pela saudade dos irmãos Oistrak, dos tempos de “o pensador selvagem” ainda, onde os conheci interpretando os mesmos concertos. Aliás, os amigos não teriam esse cd dos Oistrak pra nós de novo? Tão tirando tudo do ar, já procurei até o 8o ítem de pesquisa do google!!! se puderem postar me avizem? abrasos desde curitiba pr!!!!

  4. há ainda, com a mesma Alina,
    gravações das sonatas e partitas de bach
    e das sonatas para violino e piano de beethoven.

    se elas eventualmente, aparecerem por aqui …

Deixe uma resposta