W. A. Mozart (1756-1791) – Grande Missa em Dó Menor K.427

51XddEDboAL AA280 Nada como terminar a semana com uma grande obra-prima numa clássica interpretação que já recebeu três capas diferentes da EMI. Pensei até que fosse outra gravação, pois tenho o CD desde 1989 e não achava minha edição… (A capa que mostramos é a mais recente.) Quem não se arrepiar no Kyrie inicial ou não gosta de música ou acabou de deixar de gostar.

CD obrigatório com Leppard em perfeita forma e Kiri nem se fala. Esta nasceu para cantar Mozart.

Missa em Dó Menor K. 427 de Wolfgang Amadeus Mozart

01.Mass In C Minor, K.427: I Kyrie (Raymond Leppard/New Philharmonia Orchestra/Dame Kiri Te Kanawa) 08:09
02.Mass In C Minor, K.427: Gloria In Excelsis (Raymond Leppard/New Philharmonia Orchestra/Dame Kiri Te Kanawa) 02:52
03.Mass In C Minor, K.427: Laudamus Te (Raymond Leppard/New Philharmonia Orchestra/Dame Kiri Te Kanawa) 04:53
04.Mass In C Minor, K.427: Gratias Agimus Tibi (Raymond Leppard/New Philharmonia Orchestra/Dame Kiri Te Kanawa) 01:30
05.Mass In C Minor, K.427: Domine Deus (Raymond Leppard/New Philharmonia Orchestra/Dame Kiri Te Kanawa) 02:52
06.Mass In C Minor, K.427: Qui Tollis Peccata Mundi (Raymond Leppard/New Philharmonia Orchestra/Dame Kiri Te Kanawa) 06:27
07.Mass In C Minor, K.427: Quoniam Tu Solus Sanctus (Raymond Leppard/New Philharmonia Orchestra/Dame Kiri Te Kanawa) 04:17
08.Mass In C Minor, K.427: Jesu Christe (Raymond Leppard/New Philharmonia Orchestra/Dame Kiri Te Kanawa) 00:46
09.Mass In C Minor, K.427: Cum Sancto Spiritu (Raymond Leppard/New Philharmonia Orchestra/Dame Kiri Te Kanawa) 04:12
10.Mass In C Minor, K.427: Credo In Unum Deum (Raymond Leppard/New Philharmonia Orchestra/Dame Kiri Te Kanawa) 03:58
11.Mass In C Minor, K.427: Et Incarnatus Est (Raymond Leppard/New Philharmonia Orchestra/Dame Kiri Te Kanawa) 08:28
12.Mass In C Minor, K.427: IV Sanctus (Raymond Leppard/New Philharmonia Orchestra/Dame Kiri Te Kanawa) 02:03
13.Mass In C Minor, K.427: Osanna (Raymond Leppard/New Philharmonia Orchestra/Dame Kiri Te Kanawa) 02:16
14.Mass In C Minor, K.427: V Benedictus (Raymond Leppard/New Philharmonia Orchestra/Dame Kiri Te Kanawa) 06:30

Kiri te Kanawa
Ilena Cotrubas
Werner Krenn
Hans Sotin
John Aldis Choir
New Philharmonia Orchestra
Raymond Leppard (Dirigent)

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE

PQP Bach

28 comments / Add your comment below

  1. Gostei muito do comentário (e participo da mesma verdade): “Quem não se arrepiar no Kyrie inicial ou não gosta de música ou acabou de deixar de gostar.” Muito bom hehe!Diariamente visito o Blog, parabéns, continuem assim.Abraços,

  2. Olá! Parabéns pelo seu blog. Um oásis musical neste mundão virtual!Um pedido:o balé Raymonda, de Alexander Glazunov. Passei minha infância ouvindo isso. Abraços musicais e obrigado.

  3. A Divina majestade de Mozart ganha mais uma vez o júbilo dos anjos e arcanjos do ceu musica. Esta missa compreende o espirito do genio em seu estado maior – a supremacia dos homens no reino dos mortais – trazendo o canto suplime das esfera divina.
    Magnifica escolha desta audição aos ouvidos luditos.
    Sudações aos amantes do classico e eruditos eternos.

  4. Curiosidades: Quando Mozart escrevia esta missa, estava passando por uma grande crise em sua atividade criadora, provocado por outras encomendas e até sobrecarga de alunos, que sem dúvida lhe traziam seus maiores dividendos financeiros. Esta missa, foi a obra que pela primeira vez, Mozart escreveu por vontade própria e por iniciativa própria, sem se deparar com pressões que em geral eram provenientes da ocupação do posto que ocupava no serviço da igreja.
    Pouco se sabe sobre a criação da obra, que ocorreu nos anos vienenses de 1782 e 1783, e muito menos ainda sobre sua primeira apresentação na igreja de Saint Pierre de Salzburg dia 26 de outubro de 1783. Boa audição.

  5. A obra original está assim dividida:
    1. KYRIE – para coro a quatro vozes e solo de soprano
    2. GLORIA – para coro a quatro vozes
    · Laudamus Te – para soprano solo
    · Gratias – para coro a cinco vozes
    · Domine – para duo de soprano e mezzo soprano
    · Qui Tollis – para coro duplo a quatro vozes
    · Quoniam – para soprano, mezzo soprano e tenor solos
    · Jesu Christe/Cum sancto spiritu – para coro a quatro vozes
    3. CREDO – para coro a cinco vozes
    · Et incarnatus est – para soprano solo
    4. SANCTUS – para coro duplo a quatro vozes
    · Hosanna – para coro duplo a quatro vozes
    · Benedictus – para quarteto de solistas
    · Hosanna – para coro duplo a quatro vozes.
    Grato

  6. Tenho certeza que se eu colocar minhas palavras, cairei, inevitavelmente, nos clichês típicos daqueles que amam a música. Eu tenho a música como um alimento gostoso que, ao final da degustação, dizemos: “que maravilha!!!”. Sem absurdidades, matemática, essa missa de Mozart (parafraseando uma citação) me faz acreditar em Deus muito mais do que simplesmente ir à igreja, porque só uma pessoa tão sensível como ele consegue imprimir uma página tão especial na história da Primeira Arte!

  7. Esta gravação da missa é para mim a melhor que já ouvi, no entanto fico com uma dúvida que talvez me possam esclarecer: quem é o soprano no “Et Incarnatus Est”? Cotrubas ou Kanawa? Parece-me a Cotrubas mas não tenho a certeza. Obrigado e continue o excelente trabalho.

  8. Bonito, legal etc mas admito que existem duas (que eu conheça) Kyrie Eleison que realmente me deixam arrepiada: a do tão famoso requiem do Mozart e a da Missa em B menor (BWV 232)do Bach Pai.
    Acho que não tenho salvação…

  9. Junto-me ao coro e deixo aqui mais um apelo suplicante para que o arquivo seja restabelecido, pois só assim o coração de nós inconsolados mozartianos poderá encontrar novamente a paz.
    😛

Deixe uma resposta