Ludwig van Beethoven (1770-1827) – As Sonatas para Fortepiano – Paul Badura-Skoda (5/9) #BTHVN250

Nem bem falamos ontem da parruda sequência de sonatas Opp. 26-28, e eis que “Pastoral” nos aparece para fechá-la. Este piano boêmio (porque de Praga, capital da Boêmia, e não porque da boemia), feito no ateliê de Caspar Schmidt, era muito popular pela riqueza de timbres e por algumas armas secretas, como os “efeitos turcos” – entre os quais chocalhos, pratos e tambores – acionados por um de seus seis pedais. Este espécime que ouviremos, que também pertencia a PBS, soluça em alguns registros, mas nada que não tire o deleite de ouvir a beleza da “Pastoral” e das duas primeiras sonatas do Op. 31 por seus martelinhos – seus efeitos de pedal, em especial o “una corda”, que nos podem soar de antemão estranhos, acabam por ser fascinantes, especialmente no movimento lento da Op. 31 no. 1 e na “Tempestade”.

Ludwig van BEETHOVEN (1770-1827)

Sonata para piano em Ré maior, Op. 28, “Pastoral”

01 – Allegro
02 – Andante
03 – Scherzo: Allegro vivace
04 – Rondo: Allegro ma non troppo

Três sonatas para piano, Op. 31

No. 1 em Sol maior

05 – Allegro vivace
06 – Adagio grazioso
07 – Rondo: Allegretto

No. 2 em Ré menor, “Tempestade”

08 – Largo – Allegro
09 – Adagio
10 – Allegretto

Paul Badura-Skoda, hammerflügel (Caspar Schmidt, Praga, ca. 1810)

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE

PBS noutro gorrinho maroto

Vassily

Deixe uma resposta