#BTHVN250 Beethoven (1770-1827) · ∾ · (Algumas) Sonatas · ∾ · Einar Steen-Nøkleberg ֍

 

BTHVN

Sonatas para Piano

Einar Steen-Nøkleberg

 

 

Esta postagem traz dois discos – dois álbuns – com sonatas para piano de Beethoven interpretadas por um dos mais famosos pianistas noruegueses – Einar Steen-Nøkleberg.

Apesar da única capa, realmente são dois álbuns. No primeiro três das mais famosas sonatas para piano de Beethoven, três sonatas com apelidos. Este disco é de 1990. O outro não poderia ser mais contrastante, tanto em repertório quanto na interpretação, e é 13 anos mais novo, de 2003.

Nosso correspondente de arte, Caspar David Friedrich, enviou este luar sobre o mar na Noruega…

No disco com as Sonatas ‘Pathétique’, ‘Mondschein’ e ‘Appassionata’ o som é de acordar os vizinhos, a interpretação não economiza no virtuosismo. Disco para tirar o fôlego! Faz pensar na teoria de que Beethoven foi o último compositor clássico e o primeiro músico romântico!

No disco com as três últimas sonatas, a interpretação é mais contida, mas não é menos intensa por isso. Parece mais adequada a um pianista 13 anos mais velho, interpretando um compositor que já amadurecera não só na experiência profissional, mas principalmente com as agruras da vida.

Eu tenho uma grande admiração pelas três últimas sonatas para piano de Beethoven. Acho que ele atingiu um alto nível de criação artística nestas peças, assim como foi no caso dos últimos quartetos.

Eu sei que o artista da postagem é o pianista, mas esse tema do romantismo e Beethoven mexeu comigo e fui buscar no baú de minhas notas um resumo deixado sobre o tema pelo inesquecível Leonard Bernstein. Fala aí, Lenny!

‘Os compositores românticos não realizaram uma convenção em Chicago onde decidiram se tornar românticos: novamente, é um reflexo das mudanças que acontecem na história, a maneira como as pessoas vivem, pensam, sentem e agem. E tudo começou, por estranho que pareça, com o maior classicista de todos, Beethoven. Veja, ele era duas coisas ao mesmo tempo: ele foi o último homem do período clássico, e o primeiro homem do período romântico, tudo de uma vez. Acho que você poderia dizer que ele foi um classicista que foi longe demais; ele estava tão cheio de sentimento e emoção que não conseguia se manter acorrentado a todas aquelas regras e regulamentos do século 18; e então ele quebrou suas correntes e começou um novo tipo de música. E esse foi o fim da música clássica.

Beethoven é o início da música romântica. Não se esqueça que ele ainda sai do século 18, embora tenha vivido por cerca de 25 anos no século 19; mas suas regras, embora ele as quebre, ainda são regras clássicas. Ele ainda estava tentando aperfeiçoar essas regras; e no melhor de sua música ele chegou tão perto da perfeição quanto qualquer ser humano desde o início do mundo’.

Veremos como se sai então nessa diversa empreitada nosso pianista que veio da Noruega!

Ludwig van Beethoven (1770 – 1827)

CD1

Sonata para Piano No. 8 em dó menor “Pathétique”, Op. 13

  1. Grave-Allegro molto e con brio
  2. Adagio cantabile
  3. Rondo: Allegro

Sonata para Piano No. 14 em dó sustenido menor “Mondschein”, Op. 27/2

  1. Adagio sostenuto
  2. Allegretto
  3. Presto agitato

Sonata para Piano No. 23 em fá menor “Appassionata”, Op. 57

  1. Allegro assai
  2. Andante con moto
  3. Allegro ma non troppo

CD2

Sonata para Piano No. 30 em mi maior, Op. 109

  1. Vivace, ma non troppo
  2. Prestissimo
  3. Andante molto cantabile ed espressivo

Sonata para Piano No. 31 em lá maior, Op. 110

  1. Moderato cantabile molto espressivo
  2. Allegro molto
  3. Adagio, ma non troppo- Fuga: Allegro, ma non troppo

Sonata para Piano No. 32 em dó menor, Op. 111

  1. Maestoso-Allegro con brio ed appassionato
  2. Arietta: Adagio molto semplice e cantabile

Einar Steen-Nøkleberg, piano

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE

FLAC | 473 MB

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE

MP3 | 320 KBPS | 301 MB

Einar Steen-Nøkleberg

Et liv med Beethoven (Uma vida com Beethoven)

Aproveite!

René Denon

Eu não deixaria de visitar esta postagem aqui:

Beethoven (1770-1827): (Algumas) Sonatas para Piano – Stephen Kovacevich, piano #BTHVN250

Deixe uma resposta