Gustav Mahler (1860-1911): Sinfonias de 1 a 4 com Bernard Haitink

Pessoal, o negócio é seguinte — vou postando o que ouço, tá? E estou embasbacado com essa versão do Bernard Haitink — sim, meu filho se chama Bernardo, mas não creio que tenha sido uma homenagem consciente ao grande holandês, apenas um compreensível ato falho — para a integral de Mahler. Na verdade, estou tão apaixonado que ontem ouvi sem interrupções as mais de quatro horas e meia da música maravilhosa que ora posto. Toda esta série é com o incrível conjunto do Concertgebouw de Amsterdam. Não vou me derramar com mais elogios para a música, a orquestra e seu regente. Encarem a linha em branco abaixo como se fossem linhas e linhas repletas da mais histérica admiração e dos mais inteligentes argumentos para que você conheça tais obras do modo com Haitink as mostra.

IM-PER-DÍ-VEL !!!

Gustav Mahler (1860-1911): Sinfonias de 1 a 4 com Bernard Haitink

CD1
Symphony No. 1 in D “Titan”
1. I. Langsam. Schleppend 13:23
2. II. Kraftig bewegt 7:45
3. III. Feierlich und gemessen 10:51
4. IV. Sturmisch bewegt 20:04
Symphony No. 2 in C minor “Resurrection”
5. I. Allegro maestoso 20:27
Royal Concertgebouw Orchestra
Bernard Haitink

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE

CD2
Symphony No. 2 in C minor “Resurrection”
1. II. Andante moderato 10:56
2. III. In ruhig flie ender Bewegung 11:22
3. IV. Urlicht 5:19
4. V. Im Tempo des Scherzos 9:28
5. VI. Maestoso. Sehr zur ckhaltend 7:39
6. VII. Sehr langsam 2:17
7. VIII. Langsam. Miesterioso 6:22
8. IX. Etwas bewegter 8:22
Elly Ameling, soprano; Aafje Heynis, contralto; Netherlands Radio Chorus, Chorus master: Carel Laout
Royal Concertgebouw Orchestra
Bernard Haitink

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE

CD3
Symphony No. 3 in D minor
Part I
1. I. Kräftig. Entschieden 32:09
Part II
2. II. Tempo di minuetto 10:19
3. III. Comodo. Scherzando 16:50
4. IV. Sehr langsam. Misterioso (“O Mensch! Gib acht!”) 8:45
5. V. Lustig im Tempo 4:05
Maureen Forester, contralto; Women’s Chorus of the Netherlands Radio;
Boy’s Chorus of the St Wilibrord Church, Amsterdam
Royal Concertgebouw Orchestra
Bernard Haitink

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE

CD4
Symphony No. 3 in D minor
1. VI. Langsam. Rhuevoll. Empfunden 22:05
Symphony No. 4 in G
2. I. Bedachtig. Nicht eilen 16:27
3. II. In gemachlicher Bewegung 8:37
4. III. Ruhevoll. Poco adagio 19:34
5. IV. Sehr behaglich 8:48
Elly Ameling, soprano (Symphony No. 4)
Maureen Forester, contralto (Symphony No. 3); Women’s Chorus of the Netherlands Radio (Symphony No. 3);
Boy’s Chorus of the St Wilibrord Church, Amsterdam (Symphony No. 3)
Royal Concertgebouw Orchestra
Bernard Haitink

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE

PQP, é bom esse Haitink!
PQP, é bom esse Haitink!

PQP

17 comments / Add your comment below

  1. Ah, como gosto das sinfonias do Mahler. É sempre muito bom ouvi-las diferentes versões. Muito obrigado ao PQP. Baixando aqui.

    A proposito, alguém está acompanhando a série de programas sobre o Mahler do professor Jorge de Almeida na Rádio Cultura? Será finalizado hoje, domingo, com a décima.
    Como não sou de SP, estou acompanhando pela web, e acho q seria oportuno um link aqui no PQP pra que quem eventualmente não conheça, venha a conhecer, estou gostando muito!

    Eu prefiro ouvir no iPod, por ser mais comodo e prático, mas os programas podem ser ouvidos online aqui:
    http://www.tvcultura.com.br/radiofm/podcasts/32869

    Um Abraço à todos do blog, que acompanho a algum tempo, e sou grande admirador!

  2. Atualmente estou ouvindo Mahler na gravação do Solti com a Chicago Symphony. Este Haitink eu não tenho. Já está na lista dos downloads. Sou fá desse regente.

  3. Mahler é Mahler e não tem discussão. E essa versão do Bernard Haitink está magnifica e perfeita! Parabéns… Estou baixando o ultimo link.

  4. Bernard Haitink, Royal Concertgebouw Orchestra

    Tudo que ouvi deles até hoje… ocupam sempre o pódio entre as melhores interpretaçãoes. Tenho uma dele da 4ª de Bruckner, e da de Tchai… q ma-ma-mia!!! Pura inspiração!
    Procuro uma da 8ª de Bruckner com ele? Alguem tem?

  5. Faço minhas as palavras do Evandro (aliás, a 8a de Bruckner com ele não é difícil de encontrar nessa era da internet).
    Bernard Haitink é o meu ídolo-mor. Absolutamente confiável, dá para ouvir qualquer gravação dele e se deleitar – compositores germânicos, sobretudo. Posto abaixo, oportunamente, palavras do próprio Haitink, em entrevista ao jornal Estado de São Paulo.
    PQP, parabéns mais uma vez pelo refinadíssimo gosto!

    “Nos anos 20, 30, músicos como Bruno Walter abriram muito espaço para as peças de Mahler, mas a guerra apagou o trabalho que eles haviam feito. Nos anos 60, é preciso lembrar, a indústria fonográfica vivia o começo de uma efervescência – e certo dia um representante da Phillips chega para nós e diz: queremos gravar um ciclo completo das dez sinfonias de Mahler. Ficaram todos animados, até que eu disse: tudo bem, eu posso fazer, mas ainda estou engatinhando nessa música e preciso de dez anos, um para cada sinfonia. E depois gravamos. Não sei por que, mas eles aceitaram [risos]. Hoje ele é o novo Beethoven. Todo maestro quer ter seu ciclo completo. Mahler dizia que sua hora chegaria. Mas não sei o que ele acharia disso. Até porque os maestros têm uma tendência a tocá-lo cada vez mais alto, tentando encontrar nas peças lógicas que elas não possuem. Vejo isso e me dou conta de que é hora de ficar um pouco quieto no meu canto.”

  6. Sobre a década de gravação, anos ’60 mesmo.
    Sinf. 1 – 1962
    Sinf. 2 – 1968
    Sinf. 3 – 1966
    Sinf. 4 – 1967
    Sinf. 5 – 1970
    Sinf. 6 – 1969
    Sinf. 7 – 1969
    Sinf. 8 – 1971
    Sinf. 9 – 1969
    Sinf. 10 – 1971

  7. Sr. PQP, estou interessado em ouvir as 10 de Mahler da melhor qualidade, nas mãos dos melhores regentes. Então poderia me dizer, por gentileza, para cada uma das sinfonias: Qual(quais) a(s) versão(ões) de maestros e orquestras que você julga ser melhor aos seus calejados e maduros ouvidos?

    Quem mais quiser responder, tenha a bondade.

    Obrigado.

  8. Nossa, Haitink está irreconhecível nesta integral, não estou conseguindo gostar, ouvi a terceira e a primeira…Nossa, não sei se me acostumei demais com o jeitão monumental e deliciosamente barulhento do Bernstein…
    Sei lá, parece que os gritos fantasmagóricos do trompete, no primeiro movimento da terceira sinfonia, ficaram mais submissos que o normal… não dá aquele tesão sonoro…

    acho que falta volume (ouço Mahler no maior volume possível)

  9. Presente de Natal, ouvir Mahler e wagner são dos compositores que alimemtam meu espírito, obrigado por essa versão, ouço todos os dias a bordo do trem Japeri em meu MP3. Valeu!

  10. Presente de Natal, ouvir Mahler me causa uma sensação muito boa como Wagner, traz alegria ao meú espírito que se alimenta da música!!!Foi um belíssimo presente de Natal!! Obrigado!!!

  11. Sensacional essa postagem, pqp! Música sublime e de altíssimo nível. Só uma pergunta que não quer calar: você irá postar os 10 discos ou apenas essa degustação do box fantástico do Haitink interpretando Mahler? Em nome dos fanáticos pela música de Gustav Mahler, suplicamos a postagem integral das sinfonias, se possível. Nossos ouvidos agradecem…

Deixe uma resposta