Sergei Prokofiev (1891-1953): Sinfonia Nº 5 / Sonhos

51qixG5+ILL._SL500_SY300_

Apesar de a orquestra ser a do Concertgebouw de Amsterdam, aqui temos um Prokofiev com sotaque russo. As Sinfonias de Nº 5 e 7 são as minhas preferidas dentre as que o ucraniano escreveu e Ashkenazy realiza um de seus melhores trabalhos com ela. É linda esta sinfonia. Ouçam e confiram!

Nada a ver, mas sempre fico puto ao pensar na morte de Prokofiev. Ele morreu aos 61 anos, em 5 de março de 1953, no mesmo dia que Stalin. Por três dias, a oficialidade e a multidão que se despedia do Rei dos Expurgos impossibilitou a retirada do corpo de Prokofiev para o serviço funerário. No funeral, não havia flores nem músicos, todos reservados ao funeral do líder soviético.

Sergei Prokofiev (1891-1953): Sinfonia Nº 5 / Sonhos

Symphony No. 5, Op. 100
1. I. Andante
2. II. Allegro Marcato
3. III. Adagio
4. IV. Allegro Giocoso

5. Dreams • Rêves • Träume

Concertgebouw Orchestra
Vladimir Ashkenazy

BAIXE AQUI — DOWNLOAD HERE

Sim, eu fui grande e desajeitado.
Sim, eu fui grande e desajeitado.

PQP

6 comments / Add your comment below

  1. Penso que isso somente honra a Prokofiev. A negligência ao seu funeral prova que ralé é ralé, em qualquer tempo e lugar.

  2. Mas que descaso para com um grande mestre da música! Que coisa mais trágica! Não gostei muito de você ter tocado nesse assunto, PQP. Acho que vou começar a chorar… buáááááá

  3. E mais: entre os anos de 1924 e 1961, a região da Ucrânia na qual Prokofiev nasceu (Donetsk Oblast) teve o nome de Stalino Oblast, em homenagem a Stalin!

  4. E o grande pianista e amigão do Prokofiev, Sviatoslav Richter, não pode comparecer porque teve de tocar no funeral de Stalin. Que loucura.

Deixe uma resposta