Gavin Bryars (1943): After the Requiem (1991) – LINK REVALIDADO

Belíssimo CD do compositor erudito e baixista inglês Gavin Bryars. Ele utiliza instrumentos de cordas — como duas violas e um violoncelo — mais a guitarra de Bill Frisell e seu baixo para criar sonoridades únicas. A peça que mais gosto neste CD — Alegrasco — flerta com o jazz ao ser escrita para quatro saxofones, clarinete, cordas e guitarra. As peças Alaric I or II e a citada Alegrasco são estupendas. Ele segue estritamente a receita de Steve Reich para o futuro da música erudita:

Todos os músicos do passado, começando na Idade Média, estavam interessados na música popular. A música de Béla Bartók se fez inteiramente com fontes de música tradicional húngara. E Igor Stravinsky, ainda que gostasse de nos enganar, utilizou toda a sorte de fontes russas para seus primeros balés. A grande obra-prima Ópera dos Três Vinténs, de Kurt Weill, utiliza o estilo de cabaret da República de Weimar. Arnold Schoenberg e seus seguidores criaram um muro artificial, que nunca existiu antes. Minha geração atirou o muro abaixo e agora estamos novamente numa situação normal. Por exemplo, se Brian Eno ou David Bowie recorrem a mim e se músicos populares reutilizam minha música, como The Orb ou DJ Spooky, é uma coisa boa. Este é um procedimento histórico habitual, normal, natural.

Steve Reich

Ou seja, ele dialoga com vários estilos e sonoridades. Usa improvisação, minimalismo, música experimental e neoclassicismo. Gavin Bryars, nascido em 1943, estudou filosofia e só depois música. Seu próximo CD a ser postado por mim chama-se, sintomaticamente, Farewell to Philosophy.

Grande CD de um compositor pouco divulgado.

Gavin Bryars: After the Requiem

1. After the Requiem,
2. The Old Tower of Löbenicht
3. Alaric I or II
4. Allegrasco

Gavin Bryars Ensemble
Bill Frisell
members of the Balanescu Quartet,
saxophone quartet: Evan Parker, Stan Sulzmann, Ray Warleigh, Julian Argüelles

BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE (RapidShare)
BAIXE AQUI – DOWNLOAD HERE (MegaUpload)

Apoie os bons artistas, compre suas músicas.
Apesar de raramente respondidos, os comentários dos leitores e ouvintes são apreciadíssimos. São nosso combustível.
Comente a postagem!

PQP

7 comments / Add your comment below

  1. O formulário de contato não funcionou, por isso envio a sugestão aqui mesmo:
    http://www.avaxhome.ws/music/ost_soundtrack/Joe_Hisaishi_Collection.html

    Os primeiros trabalhos deste compositor japonês são muito impregnados dos sons eletrônicos dos anos 80. Os mais recentes são admiráveis trabalhos orquestrais (embora ainda com alguns toques eletrônicos) com forte influência da música tradicional japonesa.

    Hisaishi mantém uma parceria antiga com Hayao Miyazaki, mestre dos desenhos animados. As duas melhores trilhas sonoras de Hisaishi são, sem dúvida, Mononoke Hime (dramática e reflexiva, bem ao espírito do longa-metragem) e Sen to Chihiro no Kamikakuchi (A Viagem de Chihiro, que tem uma trilha bastante japonesa e delicada).

    Fica a sugestão para próximos posts, talvez.

    Obrigado.
    Abraços.

  2. Um oratório de Handel que conheci aqui no seu site ( “Ode for St. Cecilia´s day” ) me inspirou um texto em homenagem à padroeira dos músicos. Editei o trabalho em pps e gostaria de mandá-lo pra vocês. Como devo proceder? Grande abraço e parabéns pelo site , cada vez melhor. Afonso

Deixe uma resposta