Johannes Brahms (1833-1897) – Concerto para Violino e Orq., Op. 77

P.Q.P. Bach escreve:

Amigos, hoje estou atarafedíssimo em meu trabalho. Vocês sabem aquele dia em que as pessoas parecem desejar virar um caminhão de problemas sobre as nossas cabeças para que os resolvamos todos – e rápido? Pois é.

Por este motivo, libero sem maiores comentários esta extraordinária gravação de um dos Concertos que mais amo neste mundo. Penso que, ao mandar-me postar esta gravação, meu irmão F.D.P. não esperava que eu tornasse público seu entusiasmo, mas como eu sou sacana, todo mundo vai ficar sabendo.

Fala, F.D.P.!!!

P.Q.P., terminei de baixar hoje, e já ouvi duas vezes seguidas, é imperdível. Não poderia deixar de repassar em seguida para você. Trata-se de outra gravação histórica do Oistrakh, tocando o concerto para violino de Brahms, acompanhado pela Cleveland Orchestra em seu apogeu, com a direção do George Szell. Digamos que, na minha contagem, está dois a zero para o Oistrakh. Também estou baixando outra gravação histórica, só que em vídeo, com o Henrik Szering. O pouco que vi até agora também me deixa arrepiado.

Violin Concerto in D major, Op. 77
1. I: Allegro Non Troppo
2. II: Adagio
3. III: Allegro Giocoso, Ma Non Troppo Vivace

Composed by Johannes Brahms
Performed by Cleveland Orchestra with David Oistrakh
Conducted by George Szell

BAIXE AQUI

2 comments / Add your comment below

  1. Antes de mais nada é claro, quero parabenizar-los pelo trabalho, ao me ver tão dificil em meio a esse pais que o povo tem um gosto tão infame pela música. Pois bem, eu gostaria de comentar que existe um anime (desenho japonês) muito bom chamado Nodame Cantabile, que fala sobre a música clássica, que por esse anime, veio a tona meu amor pela música clássica. Se puderem gastar um pouco do tempo de vocês para ver esse esplendido anime, alem de ser muito engraçado…
    Gostaria de pedir mais interpretações de Lugansky acerca da obra de Rachmaninov e outras obras é claro.
    Até o/
    PS: procure no google mdan (mansão dos animes), que la tem esse Nodame Cantabile completo. =)

  2. espetacular!!!esse concerto com o oistrakh é fenomenal;;na minha opinião consegue desbancar ate o grande jascha heifetz nessa peça;;a forma como oistrakh incorpora o espirito “brahminiano”,imponente e lirico,é sensacional.sem contar a segurança que ele demostra na agógica e nos “ad libitum” da obra(caracteristicas essenciais do periodo, que muitos dos intérpretes que se dizem “especialistas” no periodo romantico fazem mau uso).então resumindo, o que me resta a fazer é agradecer por mais esta postagem.
    abraços
    junior

Deixe uma resposta